O artilheiro do Brasileirão com nove gols, Roger Guedes, foi vendido para o Shandong Luneng, da China. Depois de uma saída conturbada do Palmeiras, o atacante vivia uma boa fase sendo decisivo em alguns jogos pelo Galo. A transação serviu para manter Dudu no Verdão pelo fato de há alguns dias ter recebido uma proposta bem tentadora de R$ 2 milhões por mês desse mesmo clube chinês.

A proposta feita foi de 9,5 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões) ao Palmeiras, dono de 25% dos direitos econômicos do atleta – o restante pertence ao Criciúma -. Deste valor, o alviverde teria direito a receber pouco mais R$ 10 milhões, mas vai lucrar R$ 19,4 milhões pela negociação.

(Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG)

O Atlético-MG ficará com 5% referentes à taxa de vitrine sobre o valor da transação. O clube receberá 2,5 milhões de euros, aproximadamente 27% do total. Roger Guedes, que sempre teve uma personalidade forte, vivia uma montanha-russa de emoções, às vezes muito criticado pela torcida e imprensa, mas nos últimos meses mostrava um bom futebol que, naturalmente, abriu os olhos do exterior. O atleta se junta aos brasileiros Diego Tardelli (ex-Atlético-MG) e Gil (ex-Corinthians) no novo clube. O time é o atual vice-líder da Superliga Chinesa com o mesmo número de pontos do líder Shanghai SIPG.

Felipe Dantas
Tenho 24 anos, fiz jornalismo esportivo no SENAC, sou um apaixonado por vários esportes mas vivo o futebol como se fosse parte de mim, fanático pelo São Paulo, Roma e Seleção Brasileira. Em várias lembranças marcantes o futebol está envolvido.

Artigos Relacionados