Sevilla e suas conquistas na UEFA Europa League

Em primeiro lugar, ao comentar sobre o Futebol Espanhol, logo vem a mente, equipes como Real Madrid e Barcelona. Visto que, são equipes de renome mundial, conhecidas por seus diversos triunfos e pelos astros que compõem seus elencos. Entretanto, nesta quinta-feira (29), a coluna Navegando pela La Fúria irá te contar sobre um clube da Andaluzia, que conquistou grande hegemonia na Liga Europa. Nesse sentido, o Sevilla à partir dos anos 2000, se tornou referência e o grande pesadelo dos clubes que disputam a competição.

Sevilla x Middlesbrough – Final da Copa da UEFA de 2005/06

Por consequência da 6ª colocação na La Liga 04/05, o Sevilla se qualificou a disputar a Copa da UEFA, entrando logo na 1ª rodada. Desse modo, enfrentou o Mainz e os eliminou pelo placar agregado de 2 x 0. Diante disso, se classificou para a Fase de Grupos da competição, onde terminou líder do Grupo H. Nesse contexto, os espanhóis triunfaram em casa, diante de Besiktas e Vitória de Guimarães. Ademais, fora de casa, foi superado pelo Zenit e empatou com o Bolton.

Dessa maneira, credenciado a disputar a Fase 16 avos de final, pegou o Lokomotiv Moscou. Nesse ínterim, venceu os dois confrontos e com o placar agregado de 3 x 0, avançou para as Oitavas de final. Nesse hiato, os Rojiblancos enfrentaram o Lille. Em contraste com a fase anterior, o Sevilla perdeu na ida por 1 x 0. Contudo, no jogo de volta, bateu os franceses por 2 x 0, ficando com a vaga. Na sequência, disputando as Quartas de final, enfrentou seu companheiro no Grupo H, o Zenit. No entanto, diferentemente dos grupos, goleou os russos por 4 x 1 no confronto de ida. Dessa forma, na volta, apenas segurou o empate por 1 x 1 e carimbou a vaga para a Semifinal.

Com toda certeza, as semifinais contra o Schalke 04, foram os embates mais difíceis da campanha Nervionense na competição. Em resumo, depois de dois empates por 0 x 0, o confronto foi decidido na prorrogação. Assim, Antonio Puerta, aos 101 minutos tirou o zero do placar, colocando os Palanganas em sua primeira final. Por fim, na partida mais importante, no jogo derradeiro da Copa UEFA 2005/06. O Sevilla não tomou conhecimento do Middlesbrough e aplicou um sonoro 4 x 0.

Sevilla e suas conquistas na UEFA Europa League
Imagem: Divulgação/Getty Images

Sevilla x Espanyol – Final da Copa da UEFA de 2006/07

Da mesma forma, assim como na temporada anterior, o Sevilla chegou a Copa da UEFA, após a 5º posição na La Liga 05/06. Dessa forma, os atuais campeões, enfrentaram na 1ª rodada os gregos do Atromitos. Sendo assim, mostraram sua superioridade vencendo as duas partidas, somando um placar agregado de 6 x 1. Logo depois, na Fase de Grupos, ficaram com a 2ª colocação do Grupo C. Nesse sentido, os Rojiblancos apenas empataram com o Slovan Liberec. Logo depois, triunfaram diante do Braga e do Grasshoppers e terminaram perdendo para o AZ Alkmaar. 

Em seguida, classificado para a fase 16 avos de final, enfrentou o Steaua Bucareste. Assim, vencendo os dois jogos, o Sevilla somou 3 x 0 no agregado e avançou para as Oitavas. Por outro lado, o Shakhtar Donetsk não vendeu fácil a classificação. Desse modo, após sucessivos empates por 2 x 2, com direito a gol do goleiro Andrés Palop no último minuto, o embate foi decidido na prorrogação. O gol da vaga, veio por meio de Javier Chevantón aos 105 minutos. Posteriormente, nas Quartas de final, os Palanganas bateram o Tottenham pelo placar agregado de 4 x 3.

Na sequência, pela Semifinal do torneio continental, enfrentou o também espanhol Osasuna. Dessa forma, após perder o jogo de ida, fora de casa, por 1 x 0. O Sevilla não deu chances para seu rival, e com gols dos brazucas Renato e Luis Fabiano chegou novamente a Final. Finalmente, na finalíssima enfrentou outro conterrâneo, o Espanyol. Diante disso, a partida foi muito disputado e terminou empatada em 2 x 2. Assim, persistiu o empate na prorrogação e somente nos pênaltis, por 3 x 1, conquistou o bicampeonato consecutivo.

Só para ilustrar, esse feito só havia sido executado pelo Real Madrid, nas temporadas 84/85 e 85/86. Quando a Copa da UEFA, era disputada em outros moldes.

Sevilla e suas conquistas na UEFA Europa League
Imagem: Divulgação/Getty Images

Sevilla x Benfica – Final da UEFA Europa League de 2013/14

Seis temporadas depois, o Sevilla voltaria a conquistar a Europa. Nesse meio tempo, a competição mudou de nome e formato. Além disso, os Rojiblancos até disputaram os torneios continentais. Contudo, não foram longe, ou seja, sempre caíram nas primeiras fases. Nesse sentido, na temporada 13/14, assim como em sua primeira conquista, ficou na 1ª posição do Grupo H, com três vitórias e três empates. Logo depois, na Fase 16 avos de final, eliminou o Maribor, com o placar agregado de 4 x 3.

Na sequência, pela Fase de Oitavas de final, enfrentou o Real Betis em duelo acirradíssimo. Dessa forma, o Sevilla perdeu por 2 x 0, em pleno Ramón Sánchez Pizjuán. Na partida de volta, no Benito Villamarín, devolveu o placar da ida e garantiu a vaga nas penalidades. Do mesmo modo, na Quartas de final, perdeu a partida de ida, fora de casa, para o Porto por 1 x 0. Entretanto, na Espanha, dominou completamente os portugueses e venceu por 4 x 1.

Por fim, pela Semifinal, o adversário era novamente um espanhol. Assim, em casa, os Blanquirrojos bateram o Valencia, sem sustos, por 2 x 0. De outra forma, no Estádio Mestalla, o Sevilla foi completamente dominado e perdia por 3 x 0, sendo assim, eliminado. Contudo, nos últimos instante do confronto, após uma cobrança de lateral, Mbia descontou e permitiu que os andaluzes disputassem novamente a taça. Na final, enfrentou o Benfica de Jorge Jesus. Durante a partida, durante 120 minutos ninguém balançou as redes, dessa forma, nas penalidades, por 4 x 2, o Sevilla conquistou seu terceiro título.

Sevilla e suas conquistas na UEFA Europa League
Imagem: Divulgação/Getty Images

Sevilla x Dnipro – Final da UEFA Europa League de 2014/15

Antes de tudo, novamente o Sevilla se credenciou a disputar a Liga Europa, após ficar em 5º lugar no Campeonato Espanhol. Assim, os Nervionenses caíram no Grupo G, ao lado de Feyenoord, HNK Rijeka e Standard Liège. Nesse ínterim, passaram para a próxima fase na 2ª posição, com três vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

Desse modo, na Fase 16 avos de final, venceu as duas partidas contra o Borussia Mönchengladbach pelo agregado de 4 x 2. Em seguida, durante as Oitavas de final, os Blanquirrojos enfrentaram o Villarreal. Nesse sentido, venceram com facilidade os dois jogos, somando o placar de 5 x 2. Logo depois, pelas Quartas de final, ocorreu uma disputa mais acirrada. Assim, diante do Zenit, o Sevilla triunfou em casa por 2 x 1 e na partida de volta, buscou o empate por 2 x 2 nos minutos finais.

Por outro lado, com toda certeza as Semifinais contra a Fiorentina, foram os jogos mais fáceis e tranquilos na campanha dos Palanganas. Visto que, não apenas atropelaram os italianos, em casa por 3 x 0. Como também, fora de casa, voltaram a vencer por 2 x 0. Posteriormente, na Grande Final, o adversário foi o Dnipro. Nesse hiato, em partida acirrada, os ucranianos abriram o placar logo no começo da partida. Ainda no primeira tempo, o Sevilla conseguiu a virada, porém, cedeu o empate. Assim, na metade final da segunda etapa, os andaluzes fizeram o terceiro. Sagrando-se assim, primeira equipe a conquistar o tetracampeonato.

Sevilla e suas conquistas na UEFA Europa League
Imagem: Divulgação/Getty Images

Sevilla x Liverpool – Final da UEFA Europa League de 2015/16

Com a conquista da Europa League 14/15, os Blanquirrojos garantiram vaga direta para Champions League. Isto aconteceu, devido a medida tomada pela UEFA, com intuito de valorizar sua competição secundária. Desse modo, o Sevilla caiu no Grupo D, caracterizado por muitos como Grupo da Morte. Composto por Manchester City, Juventus e Borussia Mönchengladbach. Assim, com duas vitórias e quatro derrotas, ficou na 3ª posição e garantiu vaga direta para a Fase 16 avos de final da Liga Europa.

Nesse ínterim, bateu com facilidade o Molde, por 3 x 0 no Ramón Sánchez Pizjuán. Assim, com larga vantagem, optou por uma equipe alternativa, na Noruega e perdeu por 1 x 0. Em seguida, na fase seguinte, despachou o Basel pelo placar agregado de 3 x 0. Na sequência, diante de seu conterrâneo Athletic de Bilbao, teve sua disputa mais acirrada. Dessa forma, após vencer por 2 x 1 em San Mamés, o Sevilla foi superado em casa, pelo mesmo placar. Logo, a classificação veio por meio de uma disputa acirrada, nos pênaltis por 5 x 4.

Dessa maneira, na Semifinal enfrentou Shakhtar Donetsk. Assim, conseguiu a classificação, após um empate por 2 x 2 na Ucrânia e uma triunfo por 3 x 1 na Espanha. Como resultado, os Nervionenses chegaram a sua terceira final consecutiva. Dessa vez, o adversário foi o Liverpool, no início da era Klopp. Nesse sentido, os Reds até largaram na frente, com gol de Sturridge. Porém, Gameiro e Coke, em duas oportunidades, colocaram a taça na mão do Sevilla.

Diante da conquista, os espanhóis se tornaram o primeiro clube a alcançar o feito de vencer a UEFA Europa League, por três vezes consecutivas.

Sevilla e suas conquistas na UEFA Europa League
Imagem: Divulgação/Getty Images

Sevilla x Inter de Milão – Final da UEFA Europa League de 2019/20

Depois de quatro temporadas, os Nervionenses voltariam a exercer sua hegemonia no torneio continental. Nesse  contexto, o Sevilla conquistou a vaga para disputar a Liga Europa, através do 6º lugar na La Liga 18/19. Diante disso, terminou a Fase de Grupos isolado na 1ª posição do Grupo A. Somando cinco vitórias e apenas uma derrota.

Em contrapartida, enfrentou muito trabalho diante do modesto Cluj, da Romênia, pela Fase 16 avos de final. Inesperadamente, os Blanquirrojos apenas empataram os dois confrontos. Sendo assim, empataram fora de casa, por 1 x 1 e na volta, por 0 x 0. Garantindo a vaga, através do gol marcado fora de casa. Na sequência, devido a pandemia do Covid-19, os confrontos foram decididos em jogo único. Assim, pela Oitavas de final, eliminou a Roma, vencendo por 2 x 0.

Em seguida, pelas Quartas de final e Semifinal, eliminou dois clubes ingleses. Em primeiro lugar, despachou o Wolverhampton, por 1 x 0. Gol marcado por Lucas Ocampos. Logo depois, deixou pelo caminho o Manchester United, de virada, por 2 x 1. Os gols da partida, foram marcados por Bruno Fernandes, para os Red Devils, Suso e Luuk de Jong anotaram para os Palanganas. Em conclusão, na final enfrentou o segundo maior campeão do torneio, a Internazionale. Desse modo, em disputa acirrada, com direito a pênalti, virada e gol contra, o Sevilla ergueu sua sexta taça.

Os tentos da final foram anotados por Lukaku e Godín, para a Inter de Milão. Ainda, Luuk de Jong duas vezes e Lukaku contra, fizeram para o Sevilla.

Sevilla e suas conquistas na UEFA Europa League
Imagem: Divulgação/Getty Images

Foto destaque: Divulgação/Getty Images

Leonardo Oliveira
Leonardo Oliveira
Sou Gaúcho, tenho 21 anos e estudo Jornalismo na Universidade Federal de Pelotas, além disso, como grande aficionado a área esportiva, não consigo imaginar nada que me deixe mais realizado do que falar sobre futebol.