Sergio Busquets, o craque silencioso, completa 32 anos

A coluna Parabéns ao Craque homenageia Sergio Busquets Burgos, mais conhecido por apenas Sergio Busquets. O jogador só vestiu duas camisas como profissional: a do Barcelona e a da Seleção Espanhola. Portanto, o volante é fiel à equipe que o revelou. São 11 anos de muitas glórias e muito futebol. Desde a chegada de Pep Guardiola, o craque tomou o lugar de Yaya Touré e se tornou titular absoluto, assim, sendo peça inquestionável pelos Culés.

QUEM É SERGIO BUSQUETS?

O jogador é nascido e criado na Catalunha, como resultado o sangue do craque é Culé. Desde sua chegada ao Barcelona, em 2005, o craque foi um destaque, porque tem todas as características que agradam o estilo de jogo do Barça. Além de ser muito técnico, é inteligente e apresenta grande visão de jogo. Depois de dois anos de casa, Sergio Busquets foi promovido para o Barcelona B e, em 2008, juntou-se ao time principal. Um curiosidade é que Pep Guardiola o promoveu tanto para o Barça B quanto para clube profissional. Ou seja, desde o começo, o técnico apostou no talento do volante.

Guardiola tirou o experiente e consagrado Yaya Touré para colocar o jovem e, ainda, desconhecido Busquets. Isso colocou muita dúvida no início do trabalho do catalão, mas o craque formado na La Masia deu conta do recado. Desde que ganhou o voto de confiança do treinador, Busi jogou muita bola e é muito importante para o sucesso do Barça nos últimos anos.

O craque da La Masia tem uma carreira sensacional, de muitas glórias, muito futebol e muito amor à camisa. Ao todo, são 33 títulos, e o número deve aumentar. O craque logo cedo já conquistou a Champions League, Copa do Mundo, várias LaLiga e entre outros grandes títulos. Hoje, o camisa 5 é um dos melhores jogadores de sua posição e é muito consagrado.

https://www.instagram.com/p/BwxxqLpj9Gn/?utm_source=ig_web_copy_link

OBRIGADO, CRAQUE!

Busi é um jogador extraordinário, além de apresenta um grande controle de bola e uma percepção de jogo excelente. Seu futebol é o retrato da La Masia e foi um dos grandes jogadores revelados por ela. O futebol agrade por cada análise tática, por cada carrinho, por cada maestria em campo. Feliz vida, Sergio Busquets.

Foto destaque: Divulgação/FC Barcelona

Leonardo Pinheiro
Escolhi jornalismo porque para mim é prazeroso informar as pessoas, e além disso, a paixão pelo futebol me encorajou a seguir essa carreira. Meu principalmente objetivo na profissão é trabalhar com esportes, principalmente o futebol.

Artigos Relacionados