Será que algum jogador brasileiro voltará da China em 2017?

Nos últimos anos o futebol mundial e principalmente o brasileiro sofreu com a avalanche dos clubes chineses. Com o crescimento econômico do país asiático, muitos times pegaram o mesmo barco e estão investindo fortemente no jogo entre as quatro linhas.   Mesmo satisfeito com altos salários,  os jogadores que atuam na China ficam, de certo modo, apagados do mundo futebolístico. Há algumas exceções pelo caminho, por exemplo, Gil, Renato Augusto e Paulinho, que, ambos, estão na seleção nacional.

Talvez ainda estejam lá por causa do atual treinador Tite, pois já trabalharam juntos no time do Corinthians entre 2011 e 2013. Sabemos que dificilmente Paulinho voltaria à seleção jogando na China, mas isso não se da por questões técnicas e,sim, pelo baixo nível que é o jogo de lá.   Os times que mais foram afetados com o mercado chinês foram Cruzeiro em 2014 e Corinthians no ano de 2015. Ambos, campeões brasileiro respectivamente.

A Raposa sofreu com a saída de dois jogadores cujos fizeram e até hoje fazem falta no elenco: Ricardo Goulart e Everton Ribeiro. Já o alvinegro paulista perdeu quase todo o time titular que triunfou no ano passado.   O grande problema dos jogadores que estão lá é a regressão técnica e física. Nitidamente percebemos que os atletas quando  voltam de lá,  têm sérios problemas com  seu rendimento. Foi o caso do Vagner Love quando chegou ao Corinthians no começo de 2015.

No primeiro semestre, ele foi bastante criticado pela torcida por sua falta de capacidade principalmente técnica. Todos sabem que Love nunca foi um jogador excepcional, mas jamais era aquilo que estava apresentando nos primeiros seis meses do ano passado. Quanto pegou ritmo fez ótimas apresentações e terminou o campeonato brasileiro fazendo 14 gols a maioria deles no segundo turno.   O fato é que os atletas que vão para lá pensam apenas na questão financeira e acabam retornando para o Brasil em busca de voltar a jogar bem ou até mesmo conseguir um lugar na seleção de Adenor.   Há várias especulações para 2017 e os jogadores desesperados para voltar já estão de olho nas propostas.

Os bolsos deles já estão transbordando de notas e, provavelmente, têm muita saudade do clima e do futebol brasileiro. Com certeza os principais clubes do Brasil vão querer alguém de volta. Porém, a torcida e o time terá que ter paciência para poder recuperar o jogador e ele voltar a entrar em forma. Afinal, quem não gostaria de ter um Diego Tardelli no time?

Sergio Vitor

Sobre Sergio Vitor

Sergio Vitor já escreveu 151 posts nesse site..

Jornalista com 22 anos de idade, atua, há três, como repórter, redator e social media para uma revista especializada do setor de seguros, economia e negócios. Em 2016, ainda na graduação, começou a dedicar seu tempo escrevendo matérias no Futebol na Veia. Atualmente, é responsável pela análise de SEO do FNV, além de participar de programas esportivos na rádio, todos alinhados ao site.

BetWarrior


Poliesportiva


Sergio Vitor
Sergio Vitor
Jornalista com 22 anos de idade, atua, há três, como repórter, redator e social media para uma revista especializada do setor de seguros, economia e negócios. Em 2016, ainda na graduação, começou a dedicar seu tempo escrevendo matérias no Futebol na Veia. Atualmente, é responsável pela análise de SEO do FNV, além de participar de programas esportivos na rádio, todos alinhados ao site.

    Artigos Relacionados

    Topo