Semana de decisões na Copa do Brasil

Nesta semana, nos dias 21 e 22 de setembro, as fases de oitavas de final da Copa do Brasil decretarão as oito equipes que continuarão em busca do tão sonhado título nacional. Há quase um mês as equipes tiveram os confrontos de ida e de lá para cá, muita coisa mudou dentro e fora de campo para algumas delas. Traçamos um raio-X da situação de cada clube e o que eles enfrentarão:

Ponte Preta x Atlético MG

Talvez o confronto mais equilibrado dessa fase seja entre os dois alvinegros. A Ponte Preta vive um bom momento no Campeonato Brasileiro ocupando, sem perder há 3 partidas, a Macaca ocupa hoje a 8° posição. A diretoria quer casa cheia diante dos mineiros e disponibilizou os ingressos para venda com valores que giram de R$20,00 até R$80,00. Além disso, nesta terça-feira, a diretoria abrirá as portas do Majestoso para receber a torcida em treino aberto ao público. Um incentivo a mais para quem deseja alcançar a classificação.

Do lado do Atlético Mineiro, o time não vem agradando grande parte da torcida. Ainda que esteja em 3° lugar no Campeonato Brasileiro, apenas cinco pontos de diferença para o líder, o técnico Marcelo Oliveira tem sido bastante criticado ao longo das últimas semanas. O time não vem apresentando um bom futebol há algum tempo, o que rende duras críticas dos torcedores. Após o empate no clássico de domingo por 1×1 contra o Cruzeiro, o técnico Marcelo Oliveira precisará garantir a classificação para ter semanas mais tranquilas de trabalho. Com inúmeros desfalques no DM (departamento médico), o time mineiro aposta na força do elenco, um dos mais qualificados do país, para conseguir a vaga diante da Ponte Preta em Campinas.

Grêmio x Atlético PR

O Imortal de Porto Alegre não enfrenta os seus melhores dias. A equipe gaúcha, que está há 6 jogos sem vencer no Brasileiro, ainda recebeu o pedido de demissão do técnico Róger no último final de semana. A diretoria já anunciou o substituto, o ídolo Renato Gaúcho. Agora, cabe ao novo contratado, e velho conhecido da torcida, salvar o ano tricolor. A equipe, que estava brigando pela liderança da competição há algumas rodadas, hoje se encontra na 11° posição, e o título da Copa do Brasil seria, enfim, motivo de comemoração para a massa gremista.

O Atlético Paranaense também é um time que oscila bastante na tabela. Por vezes já flertou com a 4° colocação, mas hoje ocupa apenas a 7° posição no nacional. A saída de Walter, que poderia ser um problema para a equipe, foi prontamente contornada com a contratação do veterano argentino, Lucho Gonzáles. Cabe ao Furacão aproveitar a fragilidade do momento que o Grêmio vive para surpreender em Porto Alegre. Já ao tricolor gaúcho, a chegada do novo técnico pode dar o gás necessário que os jogadores precisavam para voltar a vencer.

Botafogo-PB x Palmeiras

Talvez o único confronto realmente decidido nessa fase seja entre paraibanos e paulistas. Com uma sonora goleada por 3 a 0, o líder do campeonato viaja até a Paraíba com a missão de classificação, quase cumprida. O adversário que, muito provavelmente, vê essa partida como perdida, deve voltar sua atenção as quartas de final da série C, que terão início já no próximo final de semana. O técnico Cuca não escondeu a escalação e o Palmeiras usará um time reserva nessa partida, visando a continuidade dos trabalhos no Brasileirão. Ao Botafogo resta se preparar para o jogo de domingo diante do Boa Esporte, para manter vivo o sonho do acesso à segunda divisão brasileira.

Corinthians x Fluminense

As duas equipes vivem momentos completamente distintos. De um lado o tricolor carioca que, apesar da oscilação de resultados, ocupa a 6° colocação do Brasileirão, e vem apresentando um bom futebol. Vem de vitória para cima do Grêmio fora de casa, e por mais que tenha perdido para a Chapecoense em casa, venceu o Atlético Mineiro por 4×2 no jogo anterior. Tanto técnico, diretoria, jogadores e torcida, entendem o momento de transição do clube, e a cada rodada do Brasileiro, com o afunilamento dos postulantes ao título, o tricolor carioca vê na Copa do Brasil uma chance clara de título no ano.

Já o Corinthians vem de derrota para o maior rival, em plena Arena. Além disso, o técnico Cristóvão Borges foi demitido após o clássico, deixando o clube nas mãos de Fábio Carille. A diretoria, que garante contar com os trabalhos do novo técnico até o fim do ano, o vê como “discípulo de Tite”, e conta com o estilo do técnico para levar o Timão de volta na briga por títulos. Entretanto o momento é de cautela. Cabe ao novo treinador incentivar sua equipe na Copa do Brasil para sair de 2016 com título e uma vaga na Libertadores do ano que vem, pois caso isso não aconteça, a questão financeira que o clube vive, pesará.

Vasco x Santos

O Gigante da Colina recebe o alvinegro praiano em uma situação parecida ao do rival Fluminense. O time não embala na série B, mas, por outro lado, se mantém na ponta da tabela. O time carioca enfrenta o jogo dessa quarta-feira como “final”. O Vasco nada tem a perder, já que uma possível conquista de título da Copa do Brasil, potencializa o ano de 2017 para o cruzmaltino, que voltará para a elite do Brasileirão e de quebra, estaria na Libertadores da América. Entretanto, as chances são poucas, já que para conseguir a classificação o Vasco precisará reverter um placar de 3×1. A esperança está em Júnior Dutra, que vive bom momento.

Já o Santos, se por um lado vive um bom momento pelo Campeonato Brasileiro, com três vitórias seguidas e vaga no G4, por outro, perde seu principal jogador no ano de 2016 para as próximas duas partidas. Ricardo Oliveira sentiu uma lesão na coxa direita e desfalca o Peixe contra Vasco e Sport. A tendência é de que a equipe em campo seja a mesma do último domingo, mas com Rodrigão no lugar do camisa 9 machucado. Com uma pequena vantagem sobre o rival, o Santos pode perder até por um gol de diferença. Entretanto, num possível 2×0 para o Vasco, o clube carioca garante vaga na próxima fase.

Cruzeiro x Botafogo

Se por um lado o Cruzeiro conseguiu uma sonora goleada no jogo de ida pelo placar de 5 a 2, por outro o clube oscila no Campeonato Brasileiro, acumulando três rodadas sem vencer. Enquanto que por outro lado, o Botafogo, de candidato ao rebaixamento à postulante ao G4, tem tido um segundo turno espetacular. Com quatro vitórias e apenas uma derrota nos últimos cinco jogos, o Glorioso já ocupa a 9° colocação na tabela do nacional. Duas equipes em momentos distintos que rechaçam o clima de “já ganhou” que o placar pode proporcionar.

Um fato que pode pesar à favor do clube mineiro, é que o Cruzeiro não perde por quatro gols de diferença desde novembro de 2012, quando a Raposa foi goleada pelo Santos de Neymar no Independência. Outra boa notícia para o clube mineiro é que o Botafogo já revelou que entrará em campo com um time misto nesta quarta-feira. Portanto a missão de classificação para a Raposa se torna, em tese, mais fácil. Ao Botafogo resta lutar em campo com quem quer que sejam os onze titulares, e focar os esforços para o Brasileirão.

Fortaleza x Internacional

A fase das duas equipes são distintas. Se por um lado o Fortaleza, que terminou a fase de classificação da série C como líder do grupo A, e que enfrenta o Juventude pelas quartas de final da competição, vive um bom momento, por outro, o Internacional não consegue se reerguer. O time acumula treze derrotas, seis empates e apenas sete vitórias no Brasileirão, e ainda perdeu para o lanterna da competição, o América-MG, em um dos jogos mais feios desse campeonato.

O Fortaleza, embora tenha perdido o técnico Marquinhos Santos para o Figueirense, segue com confiança para bater um cambaleado Internacional que mal consegue desempenhar um bom futebol dentro de campo. A vitória por 3 a 0 no jogo de ida é o único alento ao time colorado, e é nisso que o time precisa se concentrar para não perder a vaga para a próxima fase da competição.

Juventude x São Paulo

Das três equipes da série C que se classificaram para as oitavas de final da Copa do Brasil, apenas o Juventude conseguiu vencer o jogo de ida. Detalhe, venceu na casa do adversário. O clube de Caxias do Sul vive bom momento após se classificar, na última rodada da fase de grupos da série C, para as quartas de final da mesma competição. O forte da equipe é o setor ofensivo, marcando 28 gols em 18 rodadas. Apenas em quatro partidas a equipe gaúcha não balançou as redes adversárias. Embalado, os gaúchos recebem um São Paulo bastante inconstante.

O São Paulo já acumula dez derrotas no Brasileirão. O time vem de uma temporada inconstante e uma derrota no jogo desta quinta-feira, seria apenas mais um vexame na história recente do tricolor paulista. Os números do Soberano fora de casa no Campeonato Brasileiro, servem para encher de esperança o torcedor jaconero. Das 13 partidas que fez fora de casa, o São Paulo venceu apenas três, obteve quatro empates e seis derrotas ao longo da competição. Sofreu 15 gols e marcou apenas 10. O “Clube da Fé” deverá jogar como nunca se quiser classificar-se para as quartas de final da Copa do Brasil.

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Miguel Deak
Entusiasta do futebol moderno mas sem esquecer de sua época romântica, começou tarde nesse esporte ludopédio. Aos 13 anos "descobriu" o futebol Europeu após assistir um Sevilla x Barcelona, em 2003, e se tornou ,desde então, apaixonado pelo esporte bretão, com um carinho especial pelo time da Catalunha. VISCA EL BARÇA! Amante do 4-3-3 mas que respeita a decisão de quem prefere o 4-4-2, não admite que profissionais batam escanteio a meia altura e detesta lateral cobrado na área.

    Artigos Relacionados

    Topo