Sem ataques: Alemanha e Polônia empatam em partida de defesas bem armadas

Rivais históricos fora de campo, alemães e poloneses se enfrentaram em uma guerra fria e saíram sem danos na partida desta quinta-feira, no Stade de France, pela segunda rodada do Grupo C da Eurocopa. Considerada um dos jogos de risco da competição, o que se viu foi um clima ameno na capital francesa que também foi levado para o estádio em Saint-Denis. Em vez de ferimentos, disputas leais na bola e marcador zerado em conflitos e gols. Com a igualdade, Alemanha e Polônia lideram a chave com quatro pontos, com vantagem alemã pelo saldo.

As duas equipes iniciaram o jogo com estratégias bem definidas. Os alemães entraram em campo sem um centroavante de ofício, e coube a Mario Götze a função de falso 9. Com bastante movimentação no ataque, trocas rápidas de passe, a Alemanha criou volume de jogo, principalmente nos 25 minutos iniciais, com sete finalizações, mas sem que algum deles fosse em direção ao gol.

Isso por que os poloneses, com duas linhas de quatro jogadores, só com Milik e Lewandowski mais a frente, formaram um muro difícil de ser derrubado. Se a defesa foi eficiente, o mesmo não se pode dizer do ataque. Neuer, goleiro da Alemanha, não viu a cor da bola e nem teve o que fazer durante a primeira etapa.

Se as finalizações com endereço certo foram escassas no primeiro tempo, as que saíram no segundo foram vergonhosas. Cada lado teve chances claras desperdiçadas, mas no fim nenhuma torcida conseguiu soltar o grito de gol.

Inacreditável FC: MILIK!

Hoje não foi o dia do camisa 7 da Polônia. O atacante teve duas oportunidades de abrir o placar no segundo tempo e o que se viu foram lances que doeu de ver. Primeiro, Milik, sozinho na pequena área, não decidiu se tocava para o gol com a cabeça ou o peito e apenas raspou o rosto na bola. Depois o inacreditável: recebeu SOZINHO, perto da marca do pênalti e furou. Bola murcha para o atacante polonês e território alemão intacto.

Mais cedo, a Irlanda do Norte venceu a Ucrânia por dois a zero e com isso, todos os times do grupo C chegam à última rodada da fase de grupos com chance de classificação para as oitavas-de-final. A atual campeã do mundo volta a jogar em Paris na terça-feira contra a Irlanda do Norte, às 13 h (de Brasília). No mesmo horário, a Polônia encara a Ucrânia, em Marselha.

Mayara Flausino

Sobre Mayara Flausino

Mayara Flausino já escreveu 33 posts nesse site..

Mayara Flausino, 22 anos, sempre foi apaixonada por esportes. Já tentou ser nadadora, ginasta, jogadora de basquete, vôlei e futsal. No fim, pendurou as chuteiras e decidiu ir para o time dos jornalistas, o qual faz parte desde 2015. Atualmente procura uma vaga no time profissional e luta pelo fim do escanteio curto.

BetWarrior


Poliesportiva


Mayara Flausino
Mayara Flausino
Mayara Flausino, 22 anos, sempre foi apaixonada por esportes. Já tentou ser nadadora, ginasta, jogadora de basquete, vôlei e futsal. No fim, pendurou as chuteiras e decidiu ir para o time dos jornalistas, o qual faz parte desde 2015. Atualmente procura uma vaga no time profissional e luta pelo fim do escanteio curto.

    Artigos Relacionados

    Topo