A segunda semifinal da copinha foi assim…

Em Barueri Corinthians x Juventus fizeram a segunda semifinal da Copinha na Arena local. O gramado não estava nas melhores condições devido à sequência de jogos e à chuva, que castigava desde o início do dia. Na hora do jogo a chuva parou e a bola rolou.

1° Tempo
Pensava-se que o Juventus viria totalmente recuado, o que não aconteceu, pois o “moleque travesso”, quando a bola, partia para cima com velocidade e sem ela fechava todos os espaços. E o Corinthians não fazia diferente.

O jogo estava aberto. Lá e cá. Com os goleiros trabalhando bem. Aos 26 minutos Mantuan, número 8 do Corinthians, recebe passe, bate cruzado e obriga Vitor Omena a fazer bela defesa. Respondendo à altura o Juve se lançou ao ataque. Cesinha arriscou de fora da área e o arqueiro do Parque São Jorge pulou para espalmar a bola pela lateral.

Aos 30′ Mantuan, novamente, dribla adversário e bate da meia-lua: Omena salta e espalma. Em seguida, aos 33′, depois de um chute bloqueado pela zaga, a bola sobra para Pedrinho, que arrisca, goleiro bate roupa e Carlinhos, camisa 9, só empurra para o fundo do gol, abrindo o placar: 1 a 0. Depois disso não teve mais nenhum lance perigoso no primeiro tempo.

2° Tempo
Logo no 3° minuto Moicano, que entrou durante o intervalo, chutou para defesa do goleiro corintiano originando um escanteio. E após esse corner o Corinthians puxou contra-ataque. Dois contra dois, e Marquinhos pega o rebote de Omena, que dribla e bate no canto direito alto do goleiro juventino: 2 a 0.

Depois de uma sequência de ataques corintianos, o arqueiro da Mooca sai jogando e passa a bola errado, nos pés de Marquinhos, que fintou e bateu, logo Omena se redime defendendo o chute.

O Juventus continuava indo ao ataque, mas deixava a reta-guarda aberta para a ofensiva corintiana.

Aos 19 minutos, Guedes (que tinha acabado de entrar) avança pela direita em velocidade, num contra-ataque, e quando dentro da área rolou a bola para o camisa 10, Fabrício Oya, que bateu de primeira, da meia-lua, colocado, no canto alto direito de Vitor Omena: 3 a 0.

Continuando a atacar o Corinthians, aos 30′, exige que o arqueiro juventino fizesse duas belas defesas. E na tentativa de uma terceira finalização Guilherme Romão tentou uma bicicleta, sem sucesso, e que atingiu a cabeça do zagueiro, logo tomou o segundo cartão amarelo no jogo e em seguida o vermelho.

O Juventus ainda tentou um gol aos 47 minutos, com Moicano, impedido por Felipe, goleiro alvi-negro. Depois disso o juiz apitou e finalizou a partida.

Com a vitória por 3 a 0 o Corinthians avançou para sua 18ª final na Copa SP Jr para lutar pelo décimo título da competição. A final será no Pacaembu, próxima quarta-feira, 25, contra um adversário ainda indefinido. Na outra semifinal, pela manhã, o Paulista bateu o Batatais por 5 a 1, porém a direção batataense denunciou um caso de “gato” envolvendo um jogador da equipe de Jundiaí. A Federação Paulista de Futebol ainda não se pronunciou.

BetWarrior


Poliesportiva


Leonardo José
Leonardo José
Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

Artigos Relacionados

Topo