São Paulo x Talleres – Chegou a hora da moeda cair de pé

Na noite desta quarta-feira (13), o São Paulo entrará em campo para tentar buscar uma classificação aparentemente difícil pela Copa Libertadores. 2 para o Talleres, por 2 x 0. Os brasileiros precisam reverter a vantagem negativa, se quiser continuar sonhando em chegar na chave de Grupos da competição continental, o jogo acontece no estádio do Morumbi, às 21h30 (horário de Brasilia). Este será a primeira vez que a equipe jogará em seu estádio em 2019.

SÃO PAULO

Pressão e mais pressão, é dessa forma que o São Paulo irá encarar o confronto de amanhã pela “decisão” da Pré Libertadores. O resultado negativo na Argentina e as chances do então treinador André Jardine ser demitido são reais. Para que os torcedores saiam do estádio felizes, o time paulista precisará jogar o que não apresentou ainda neste ano, um bom futebol, para justificar o investimento forte que se tem sobre o elenco montado por Raí.

O jovem treinador, se vê literalmente uma “sinuca de bico”, e precisará quebrar a cabe para conseguir a classificação são-paulina. A expulsão do volante Hudson no jogo de ida é um dos problemas que ele precisará encarar, para a sua posição, os jogadores William Farias e o jovem Luan são dois nomes que terão que ser minuciosamente escolhido para fazer dupla com Jucilei na equipe titular. Além disso, a escalação do jogo da partida de ida foi muito contestada e certamente será outro motivo para que fará com que o técnico certamente perderá o sono esta noite.

23 nomes foram relacionados para o jogo de amanhã, e apenas duas ausências são certas até o momento e justamente de dois volante ; Liziero que se recupera de problema muscular, e de Hudson, expulso no primeiro jogo na Argentina.

Provável escalação: Tiago Volpi; Bruno Peres, Bruno Alves (Anderson Martins), Arboleda e Reinaldo; Jucilei (Willian Farias ou Luan), Hernanes e Nenê; Antony (Helinho ou Diego Souza), Pablo e Everton. Técnico: André Jardine.

TALLERES

Ansiedade, é dessa forma que a equipe Argentina está para o jogo de logo mais. Essas são as palavras do veterano e capitão da equipe Guiñazu, que em entrevista  a um jornal local falou sobre a importância que a partida tem para o elenco;

“A ansiedade é de todos, mas é difícil pela importância de jogo, pelo o que significa para nós como time e grupo. A gente tenta segurar, mas por dentro as perninhas estão tremendo de emoção e de ansiedade. Mas sempre controlamos e nós jogadores estamos preparados para isso”. diz o volante.

O marcador argentino ainda falou sobre o clube brasileiro, que citou que a equipe é um adversário especial ao longo de sua carreira, justamente quando atuava no Internacional, que eliminou os paulistas na semi-final da competição, no ano de 2010, edição que o colorado terminaria com o bi-campeonato;

“O São Paulo é um adversário muito especial. Uma equipe muito grande e de muita história. Já enfrentei o São Paulo várias vezes e sempre foram confrontos espetaculares. Eu respeito muito esse grande clube que é o São Paulo”. complementou Guiñazu.

Provável escalação: Herrera; Godoy, Kenaglia, Komar e Díaz; Cubas, Guiñazú, Pochettino e Juan Ramírez; Palacios e Daryo Moreno. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Retrospecto

Este será o terceiro confronto envolvendo as duas equipes, e os argentinos levam  a disputa, por uma vitória, outros dois empates marcaram o jogo entre brasileiros e argentinos.

Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados