São Paulo vira o jogo e goleia a Ponte Preta no Morumbi

São Paulo derrota a Ponte Preta por 5×2, neste domingo (12), em partida válida pelo Campeonato Paulista. Este foi o primeiro jogo de Rogério Ceni comandando o tricolor no Morumbi. Com o resultado, os donos da casa agora são os líderes do grupo B, com três pontos, superando o Linense no saldo de gols. Já a Macaca ocupa a quarta colocação do grupo D, também com três pontos.

O atacante Lucas Pratto e o volante Jucilei, ex-Corinthians, foram apresentados aos mais de 50 mil torcedores presentes no estádio antes da bola rolar.

O São Paulo manteve a posse de bola no início da partida, fazendo com que a Ponte recuasse nesta etapa do confronto. Os visitantes vieram à capital paulista com um claro intuito: permanecer com uma postura defensiva e buscar um gol nos contra-ataques. A primeira chance clara do jogo foi dos donos da casa, aos 14. Cueva conseguiu passar pelo zagueiro Fábio Ferreira e finalizou dentro da área, mas o goleiro Aranha fez uma boa defesa. Logo na primeira oportunidade da partida, a equipe de Campinas abriu o placar aos 21. O atacante Lucca, ex-Corinthians, roubou a bola do volante tricolor Thiago Mendes no meio de campo, e iniciou o contra-ataque. O jogador passou mal para Pottker, que precisou correr para alcançar a bola. O atacante passou para o volante Matheus Jesus chegar de trás, tirar da marcação e chutar forte. Sidão chegou a encostar na bola, porém não impediu as redes de balançarem no Morumbi. Apenas cinco minutos depois, a Macaca quase ampliou a diferença. O atacante Clayson cruzou para Lucca, de primeira, bater forte e obrigar o goleiro adversário a fazer uma boa defesa. Após o susto, o São Paulo voltou a ser melhor na partida e alcançou o empate aos 32. O atacante Gilberto recebeu bom lançamento pela esquerda, invadiu a área e finalizou. Aranha deu rebote, e Cueva, de sola, empurrou a bola para o fundo do gol. Os donos da casa estiveram a pouco de virar o marcador apenas três minutos depois. Rodrigo Caio recebeu livre na área pela direita e chutou. A bola passou pelo goleiro, entretanto, não passou pelo lateral Nino Paraíba, que tirou de peito em cima da linha. Aos 43, a Ponte não conseguiu evitar a virada tricolor. Gilberto recebeu um bom passe de Cueva dentro da área e chutou no canto direito de Aranha, que desviou a bola para o gol.

Alguns números da primeira etapa

O São Paulo desceu aos vestiários com 73% de posse de bola, tendo finalizado sete vezes e acertado 219 passes. A Ponte chutou a gol em apenas duas oportunidades, concluindo 57 passes e realizando 23 desarmes (contra dois de seus adversários).

Voltando do intervalo, os donos da casa começaram com um ritmo acelerado e criaram oportunidades. Logo aos 4, Thiago Mendes lançou para o atacante Luiz Araújo sair livre na frente de Aranha, mas o goleiro desviou o chute para escanteio. Porém, a defesa da Ponte não pode impedir o São Paulo abrir três gols de vantagem em apenas dois minutos. Aos 11, Fábio Ferreira afastou mal o cruzamento, Thiago Mendes dominou a sobra e chutou colocado no ângulo de Aranha, sem dar chances ao goleiro. Praticamente na sequência do gol, o tricolor anotou outro. Luiz Araújo driblou bem o marcador, cruzou rasteiro para Gilberto dominar na área e finalizar. A bola desviou em Nino Paraíba e morreu nas redes do Morumbi. O tricolor seguia dominante na partida, jogando conforme queria. Gilberto fez seu hat trick aos 24, o quinto gol do São Paulo. Em cobrança de escanteio, a bola passou por todos os jogadores e sobrou para o atacante desviar de coxa, sacramentando a goleada sobre a equipe de Campinas. A Macaca, completamente desnorteada em jogo, não esboçava qualquer tipo de reação, procurando apenas não tomar outro gol. Entretanto, os visitantes ainda conseguiram diminuir a diferença no placar aos 38, quando o atacante Lins chutou, e no rebote de Sidão, Lucca marcou. O juiz encerrou a partida sem acréscimos.

Melhor da partida: Gilberto foi “o cara” do jogo. Marcando três gols, o atacante (além de poder “pedir música no Fantástico”) também participou indiretamente do empate tricolor. Cueva também se destacou, com um gol e uma assistência.

Ambas as equipes voltam a campo nesta quarta-feira (15), pelo Campeonato Paulista. O São Paulo tem pela frente o clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, às 21:45h. A Ponte Preta vai a Ribeirão Preto enfrentar o Botafogo, às 19:30h.

Área de anexos

BetWarrior


Poliesportiva


Guilherme Papa
Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados

Topo