Foi pro tudo ou nada e ficou sem nada!

O São Paulo recebeu a equipe do Internacional, ontem (22), no Morumbi, pela 2ª rodada do Brasileirão 2016 e perdeu por 2 a 1.

O time da casa começou melhor a partida, mas esbarrava nas boas defesas do goleiro estreante, Danilo Fernandes. Em contrapartida, o Internacional começava a tomar conta da partida. Com toques rápido, envolventes e de forma a colocar a equipe da casa na roda, os gaúchos abriram o placar aos 36 minutos da primeira etapa com Eduardo Sasha, após boa jogada de Vitinho pela esquerda.

Já no segundo tempo, o tricolor foi pra cima, mais uma vez melhor no jogo, mas o dia era de Danilo Fernandes, que quando não defendia, tirava com os olhos e a bola ia pra fora.

No final do segundo tempo, Alex foi expulso, dando alguns minutos para o Tricolor empatar e quem sabe até virar a partida. A essa altura do jogo, o tricolor contava com Calleri, Alan Kardec e Rogério de atacante. O time do Morumbi conseguiu uma falta latera, próxima a grande área e chuveirinho na área. Foi quando o “centroavante” Lugano cabeceou para empatar a partida, aos 41 minutos.

Com um a mais, o São Paulo se sentiu superior e foi pro tudo ou nada para garantir a vitória em casa e os Colorados se fechavam para não tomar o segundo gol. Dois minutos após o empate, o Inter conseguiu um contra-ataque fulminante pela direita do ataque são-paulino, com William. Bruno seguia na marcação, até que deu o bote errado, deixando William livre na ponta da grande área e cruzou para Eduardo Sasha, marcar de novo e dar números finais ao jogo. Final São Paulo 1 x 2 Internacional.

Resultado frustrante para o Tricolor que estava invicto no Morumbi esse ano e viu sua primeira derrota também no BR-16. Para o Inter, significou a primeira vitória, após o empate na primeira rodada com a Chapecoense.

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados

Topo