São Paulo e River empatam no retorno da Libertadores

- Com dois gols contras, as duas equipes terminaram o duelo na igualdade do placar.
São Paulo e River Plate empatam no retorno da Libertadores

Na noite desta quinta-feira (17), o São Paulo recebeu o River Plate no estádio do Morumbi. O duelo foi realizado pela 3ª rodada da Copa Libertadores após a parada em decorrência da pandemia. Sendo assim, o confronto terminou empatado pelo placar de 2 x 2, em duelo marcado por dois gols contra marcados a favor da equipe brasileira.

1º TEMPO

Jogando em casa, o São Paulo foi para cima do adversário em busca do primeiro gol, com isso a primeira chance veio dos pés de Hernanes. Sendo assim, aos seis minutos, o volante recebeu na entrada da área e chutou de perna esquerda, obrigando Armani a  espalmar. Na sequência, aos 10 minutos, Igor Vinicius cruza na área e Reinaldo  chutou, porém a bola bateu em Enzo Pérez e morreu no gol argentino. Logo após isso, no minuto seguinte, Álvarez  recebeu na meia lua e chutou, porém Volpi espalmou para escanteio. No entanto, aos 18 minutos, Julián Álvarez foi acionado dentro da área e cruzou para o meio, Borré pegou de primeira empatando o duelo.

Após isso, o o River Plate que mesmo fora de ritmo passou a gostar do jogo e começou a dominar as ações dentro de campo. Entretanto não conseguia finalizar no gol brasileiro, por outro lado, o São Paulo que recou  a marcação se viu acoado. Entretanto, aos 35 minutos, Hernanes  pegou a sobra na ponta esquerda e chutou, a bola passou perto da trave esquerda de Armani que apenas acompanhou. Sendo assim, essa foi a última grande chance da etapa inicial que terminou aos 47 minutos.

https://twitter.com/SaoPauloFC/status/1306717163764547584?s=19

2º TEMPO

Na retomada do confronto, o São Paulo teve a primeira chance de gol. Logo aos oito minutos, Igor Vinícius avançou pela ponta esquerda e cruzou, a bola passou e sobrou para Igor Gomes que tentou colocado, porém a bola saiu ao lado esquerdo de Armani. Após isso, o confronto oscilou entre momentos em que as duas equipes buscavam o gol adversário. No entanto aos 25′ a chance mais clara de gol tricolor veio com o camisa 2, o lateral recebeu na área avançou e de cara com o goleiro argentino preferiu tocar, desperdiçando um grande chance de gol.

Foi então que o River Plate conseguiu a virada, já que após cobrança de escanteio a bola ficou viva e sobrou para Julián Álvarez do lado esquerdo na área que chutou alto, não dando chance para Volpi. Sentindo-se pressionado, o São Paulo foi ao ataque e aos 37, Reinaldo tabelou com Hernanes, o lateral tocou para o meio da área. No entanto, Angileri tentou afastar e mandou para o próprio gol. Logo após, aos 42 minutos, após rebote de escanteio, Brenner  dominou da entrada da área, mas chutou fraco, nas mãos de Armani. Por fim, Pinola  finalizou de cabeça após bola levantada na área, no entanto a mesma passou perto levando susto ao gol tricolor. Com isso, o duelo temrinou empatado em 2 x 2 no estádio do Morumbi.

E AGORA?

Com o empate, o São Paulo cai da 2ª para a 3ª colocação, somando quatro pontos, estando atrás do River Plate também com quatro. Na liderança, a vem a LDU com seis pontos ganhos. Na sequência da competição, o São Paulo vai até o Equador, onde tem pela frente o líder do grupo, o duelo acontece na terça-feira (22), às 21h30, no Estádio Casa Blanca. Enquanto isso, o River vai até a Bolívia onde enfrenta o Binacional, no estádio Guilhermo Briceño, também dia 22, às 21h30.

MELHORES MOMENTOS

Foto Destaque: Staff Images/Conmebol

Raphael Almeida

Sobre Raphael Almeida

Raphael Almeida já escreveu 434 posts nesse site..

Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

BetWarrior


Poliesportiva


Raphael Almeida
Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados

Topo