São Paulo e Lucas Moura: confira a situação

Nesta quinta-feira (9), a informação de uma possível chegada de Lucas Moura agitou a torcida do São Paulo. Nos últimos dias, o made in Cotia assistiu ao jogo do Tricolor no Morumbi e ministrou palestras aos jovens das categorias de base. Além disso, o atacante fez questão de reencontrar os funcionários do clube e abraçou Rogério Ceni. Inclusive, no empate contra o Ceará, o treinador são-paulino ainda brincou sobre uma assinatura de contrato.

Decerto, Lucas Moura atende a todos os requisitos da posição que o São Paulo precisa. Afinal, o atleta é um atacante rápido, que atua pelos lados do campo, driblador e costuma fazer muitos gols. Claro, o jogador agrada, e muito, ao comandante Rogério Ceni.

Contudo, para tristeza da torcida, o sonho está distante de se concretizar. A princípio, havia interesse de ambos os lados, tanto de Lucas quanto do São Paulo. Todavia, a diretoria sabia que seria ma negociação difícil, devido aos altos valores, pois trata-se de um atleta de nível europeu. Assim, o Futebol na Veia conseguiu a informação que as cifras estavam na casa de R$ 1 milhão.

A ideia do Tricolor era contar com Lucas Moura por um empréstimo de, no mínimo, seis meses. O atacante pertence ao Tottenham e tem contrato por mais uma temporada. Então, o brasileiro queria uma renovação com o clube inglês que até o momento não veio. Por isso, houve uma animação que o negócio poderia se concretizar. Mas, de acordo com o jornalista Alexsander Vieira, Lucas deve seguir nos Spurs.

Portanto, o São Paulo segue em busca de um atacante para reforçar a equipe no decorrer da temporada. Para Ceni, esta é a posição mais carente do elenco e uma contratação é vista como prioridade.

Foto Destaque: Divulgação/Tottenham

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.