vitória do São Paulo contra o Athletico (Foto: São Paulo)

Neste domingo (3), o São Paulo vai buscar uma recuperação no Campeonato Brasileiro. O jogo tem um nível de importância muita grande. Afinal, o adversário será a Chapecoense, que é o último colocado da competição. Portanto, este é o duelo para somar pontos e se distanciar da zona de rebaixamento. Claro, caso não consiga vencer, uma crise será instaurada no Morumbi.

A princípio, os números do São Paulo neste Brasileirão não são bons. A equipe oscila muito na competição e faz poucos gols. Dessa forma, Hernán Crespo tenta encontrar uma maneira para melhorar o desempenho. Assim, o objetivo é pressionar a Chapecoense durante todo  o jogo e conseguir um placar elástico.

O São Paulo desperdiçou a chance de começar a evoluir contra o Atlético-MG. Já que o time não conseguiu vencer no Morumbi. Aliás, o Tricolor Paulista não fez uma grande partida. Além disso, o treinador são-paulino foi criticado pela torcida. Afinal, a maioria quer ver Calleri ganhando mais minutos, porém o comandante coloca o atacante apenas no final do 2° tempo.

Por outro lado, a fase individual dos atletas não tem ajudado. Afinal, Rigoni não conseguiu fazer a diferença nos últimos jogos. Benítez, meio campista do time, nem se quer entrou em campo contra o América-MG. Assim, há chances do argentino perder espaço de vez para o jovem Gabriel Sara.

Por fim, o São Paulo necessita dessa recuperação no Campeonato Brasileiro. Assim, será preciso vencer a Chapecoense, fora de casa, no domingo (3), às 16h (horário de Brasília), pela 23ª rodada.

Foto destaque: Divulgação/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.