Santos x Bahia já realizaram três finais de campeonatos no passado. Contudo, nesta quinta-feira (31), santistas e baianos se enfrentam pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Partida que acontecerá na Vila Belmiro às 19h3o (horário de Brasília), onde o Peixe busca não deixar os lideres escaparem, enquanto o Tricolor de Aço busca uma vaga para a Libertadores de 2020.

SANTOS

O Peixe vem de uma sequencia difícil no campeonato, acumulando dois jogos sem vitória, o empate no derrota amarga para o Atlético Mineiro no Independência. Entretanto, também são dois jogos sem marcar gols, o que pode ser um alerta para equipe de Sampaoli.

A esperança de gol do Santos é Eduardo Sasha artilheiro da equipe com 10 gols. A dúvida na escalação é do lateral-direito Jorge, que pegou uma virose, e pode não enfrentar o Bahia.

BAHIA

Pelo lado baiano, a equipe comandada por Roger Machado também vem de dois jogos sem vitórias no campeonato. A primeira para o Ceara em casa, e a outra para o Internacional em Porto Alegre. Por isso, o Tricolor de Aço tenta se reerguer contra o 3º colocado.

Para deixar o torcedor animado é sua dupla de ataque Artur e Gilberto, que juntos somam 17 gols, o que é um pouco menos da metade dos gols que a equipe fez no campeonato.

RETROSPECTO

O retrospecto histórico de Santos x Bahia, que já decidiram três finais de campeonatos são 51 jogos, com uma pequena vantagem para o Peixe, são 24 vitórias, 10 empates e 17 vitórias para o Tricolor de aço. No primeiro turno do campeonato aconteceu na Fonte Nova, e teve vitória dos visitantes por 1 x 0.

APOSTA INDICADA

De acordo com o site Rivalo, o favorito para a partida desta quinta-feira é o Santos, porque a equipe de Sampaoli é considerada uma das melhores desde a geração Neymar e Ganso. Por isso, as apostas indicam o Peixe, pagando 1.62.

ODDS: 1. 1.62 | x. 3.80 | 2. 5.50

Ivan Garcia
Me chamo Ivan Garcia. Tenho 21 anos, sou estudante do 8º semestre de jornalismo na Faculdade Paulus de Tecnologia e comunicação - FAPCOM. Fanático por todos os esportes, o futebol é algo que sempre esteve comigo, e desde criança sonhava em fazer parte do ramo esportivo. Acredito que não existe emoção maior que não seja no esporte, você fica feliz e triste em questão de minutos, e é isso que me faz gostar cada vez mais.

Artigos Relacionados