Neste domingo (29), o Santos venceu o CSA, no Estádio da Vila Belmiro, pelo placar de 2 x 0. Os gols foram anotados pelo meia Carlos Sánchez, de pênalti, e o atacante Eduardo Sasha, de cabeça. Desse modo, o Peixe continua na terceira colocação. Entretanto, a diferença para os líderes Flamengo e Palmeiras foi diminuída, já que os mesmos empataram na rodada. Em contrapartida, dois pontos negativos com relação ao confronto na Baixada Santista. Primeiro, o baixo público (pouco mais de 6.000 pessoas), pois o Santos vinha de uma sequência ruim. E o Azulão, que fixa-se ainda mais na zona de rebaixamento do Brasileirão.

1º TEMPO

O CSA deu a saída de jogo. Entretanto, apenas o Santos jogava, criando todas as oportunidades de gol dentro da partida, principalmente pelo lado esquerdo de seu ataque. Porém, o Peixe pecava nas finalizações. Desse modo, o goleiro Jordi não tinha trabalho, apesar do domínio dos anfitriões. Inclusive, o primeiro arremate do Azulão foi apenas aos 33’, com o lateral-esquerdo Carlinhos arriscando da entrada da área. Contudo, sem direção e sem sustos ao goleiro Everson.

Até que, aos 34’, em bela jogada trabalhada, a bola sobrou para o atacante Eduardo Sasha, que finalizou e viu o defensor cortar com o braço. Ou seja. pênalti para o Santos. Na cobrança, o meia uruguaio Carlos Sánchez deslocou Jordi e inaugurou o marcador. Os meias do Alvinegro entravam bastante na área, deixando o CSA perdido na marcação. Desse modo, os donos da casa criaram mais duas oportunidades, porém, sem êxito.

2º TEMPO

A etapa complementar iniciou como os primeiros 45 minutos. Desse modo, aos 52’, Sánchez já mandou a primeira finalização para o gol. Entretanto, a bola subiu muito. Na sequência, o Peixe saiu muito bem da defesa, acionou o lateral-esquerdo Jorge, que avançou, puxou para a direita e mandou a bomba, mas Jordi voou e salvou os visitantes. Aos 57’, o alívio. Após escanteio cobrado por Sánchez, a bola sobrou para o meia Evandro, que tocou de cabeça para Sasha e o centroavante só teve o trabalho de jogar para o gol vazio. A única chegada dos visitantes foi aos 83’, com Apodi. Contudo, a bola foi direto para fora.

E AGORA?

O Peixe está encarregado de abrir a 23ª rodada, onde visita o Vasco da Gama, sábado (5), às 17h (horário de Brasília), no Estádio São Januário. Em contrapartida, o CSA encerra a rodada. No domingo (6), o Azulão recebe o Avaí, às 19h, no Estádio Rei Pelé.

MELHORES MOMENTOS

Edson Guimarães
Edson Guimarães
Meu nome é Edson Guimarães, tenho 24 anos e sou estudante de Jornalismo. Minha paixão pelo futebol vem desde 2002, e com o tempo eu fui me apaixonando pelos meios de comunicação voltados ao esporte, até começar a fazer parte deles.

Artigos Relacionados