Dries Mertens

O Napoli viveu no último final de semana mais um momento marcante da sua história. Após empatar com a Internazionale, por 1 x 1, e garantir classificação a final da Copa da Itália. Assim, após marcar o gol da equipe, o belga Dries Mertens se tornou o maior artilheiro da história do clube, com 122 gols, passando o maior ídolo da história do time, o argentino Diego Maradona. Dessa forma, o ex-jogador, em uma mensagem de vídeo, parabenizou Mertens pelo feito.

https://www.instagram.com/p/CBd08n8FS3j/?igshid=ttmqdtwrc4av

Oi, Dries, amigo. Estou orgulhoso de você, que quebrou meu recorde, porque o Napoli é mais forte a cada dia. Eu gostaria que também tivéssemos uma equipe que me superasse, para que pudéssemos ganhar outro Scudetto para o povo de Nápoles” disse o ex-camisa 10 do Napoli 

Em Nápoles foi onde Diego Maradona viveu sua melhor fase da carreira. Lá conquistou dois Scudettos, um em 1986/87 e outro em 1989/90. Além disso, o clube contava com outros jogadores sul-americanos, como Careca e Alemão. Logo, no mesmo período, o time ganhou uma Copa da Itália (1986/87), a Supercopa Italiana de 1990 e a então Copa da UEFA (hoje Liga Europa) de 1988/89. Posteriormente a essa época esplendorosa o clube só voltou a conquistar três títulos.

Diego Maradona deixou o Napoli como o maior artilheiro da história do clube, tendo marcado 115 gols. Contudo, foi superado por Hamsik, que marcou 121 tentos, e agora por Dries Mertens, que respondeu ao ídolo: “Obrigado por suas afetuosas palavras”.

Foto destaque: Reprodução/Instagram/Dries Mertens

Gilvan Rodrigues
Gilvan Junior, 20 anos, natural de Feira de Santana, estudante de jornalismo pela FAT. Desde pequeno, meu principal assunto era o esporte. Sempre acompanhado programas, sites, etc. Decidir, partir pra área que me dará a oportunidade de viver daquilo que mais amo. O futebol.

Artigos Relacionados