Róger Guedes não é nem relacionado em estreia da Superliga Chinesa

A situação do brasileiro ger Guedes na China é uma incógnita. O jogador foi preterido pelo clube em 2018, de forma correta, pelo bom desempenho do trio de estrangeiros que já estava no clube (Diego Tardelli, Gil e Graziano Pellè), pois o time já estava encaixado e brigava por títulos. Assim, o atacante ficava vivendo das “sobras”, isto é, jogava quando algum “gringo” não podia (na maioria das vezes no lugar de Tardelli).

Porém, em 2019, a situação tendia a mudar. Com dois gols marcados em 2018 e a , ex-Manchester United, Seleção Belga, Copa do Mundo e etc.

Assim, o atacante fora, mais uma vez, preterido. Ainda . Um primeiro teria sido um pedido do novo técnico são-paulino, Cuca, com quem o técnico trabalhou no Palmeiras. O segundo é o time do qual estava em ótima forma e sendo artilheiro do Brasileirão até sua negociação com a China.

Desta forma, foi removido da lista de inscritos da Champions Ásia para a fase de grupos, do qual Fellaini foi inscrito. Portanto, fica a incógnita sobre a vida de Róger Guedes na China. Afinal, vale a pena continuar no país da Grande Muralha e ser “tapa buraco” de outros estrangeiros? Porém, seu contrato de empréstimo é só até o meio do ano, o que o faz poder assinar um pré-contrato desde já. Agora está nas mãos do brasileiro e seus empresários. Enquanto isso, os times tupiniquins seguem sondando.

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi
Você está aqui
Futebol Na Veia > Futebol Asiático > Chinês > Róger Guedes não é nem relacionado em estreia da Superliga Chinesa

Artigos Relacionados