Róger Guedes marca e Atlético bate Cruzeiro no Independência

- Atacante confirma boa fase e faz o gol da vitória atleticana no clássico mineiro

Nada melhor do que um clássico contra o maior rival para espantar um princípio de crise. E foi desta situação que se aproveitou o Atlético-MG na tarde deste sábado (19) em Belo Horizonte. O Galo recebeu o Cruzeiro em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, e venceu o duelo disputado no estádio Independência. Com o resultado, a equipe mineira assumiu a liderança da competição, pelo menos até o complemento da rodada.

Os dois times chegaram para a partida em situações opostas, tanto na tabela, quanto na fase enfrentada pelos times. O Cruzeiro em ascensão, após dois resultados positivos no Brasileirão e vitórias convincentes na Libertadores. Já o Galo, vinha de desclassificação traumática frente à Chapecoense pela Copa do Brasil, no meio de semana. Melhor para a equipe de Thiago Larghi, que agora espera respirar outros ares.

1º Tempo

Jogando diante de seu torcedor o Atlético-MG tentou sufocar o Cruzeiro logo nos primeiros minutos de jogo. Com troca de passes e jogadas rápidas, a equipe procurou sufocar o adversário. No entanto, o Galo só conseguiu chegar duas vezes frente à defesa cruzeirense. Aos 11 minutos, com Ricardo Oliveira, e aos 13, com Fábio Santos, mas sem muito perigo.

Somente aos 30 minutos houve o lance mais perigoso da primeira etapa. Emerson avançou pela direita e tocou para Ricardo Oliveira. O atacante entrou na grande área e chutou forte, para importante defesa de Fábio. O Galo seguia com maior posse de bola e tentava clarear as jogadas ofensivas para a conclusão de seus atacantes, mas a equipe foi pouco criativa no primeiro tempo.

Atlético-MG e Cruzeiro não saíram do zero no primeiro tempo (Reprodução/Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.)

Pelo lado cruzeirense, a equipe pareceu sentir a falta de entrosamento, já que apenas Fábio e Robinho foram escalados como titulares na partida. Os demais jogadores considerados titulares foram poupados pelo técnico Mano Meneses para o jogo contra o Racing, pela Libertadores.

2º Tempo

Tentando ser mais criativo e oferecer mais trabalho a defesa atleticana, Mano Meneses sacou Rafael Sóbis, e colocou o meia Arrascaeta logo no intervalo. O que o comandante Celeste não esperava era que perderia Mancuello, expulso logo aos dois minutos da etapa final. O meia deu carrinho perigoso em Elias e recebeu o segundo cartão amarelo no jogo.

Mancuello é expulso no início do segundo tempo (Reprodução/Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)

Mesmo com um jogador a menos, quem assustou foi o Cruzeiro. Aos 7 minutos, Arrascaeta passou por dois adversários, cruzou para a área, e a bola sobrou para Bruno Silva, que livre, chutou para importante defesa de Victor, que pouco havia sido exigido no jogo. Aos 12, Murilo teve outro boa chance para o Cruzeiro, mas o goleiro atleticano fez outra ótima defesa.

Aos 16 minutos, o gol do jogo. Após boa troca de passes do Atlético, a bola sobrou para Róger Guedes. Manoel chegou a cortar a tentativa de chute do atacante, mas a bola acabou batendo na perna de Guedes, sem querer, e enganou o goleirão Fábio. 1 x 0 Galo.

Róger Guedes marcou o gol do triunfo do Galo (Gazeta Press)

Depois do gol, as equipes não conseguiram criar boas jogadas de ataque. O jogo ficou truncado e disputado na intermediária. Somente aos 44 minutos, Otero teve a oportunidade de aumentar o placar. Após cruzamento de Fábio Santos, o venezuelano cabeceou, mas Fábio fez a defesa. No fim, vitória magra e importante do Atlético-MG.

Próximos Jogos

Depois de conquistar a quarta vitória na competição, o Galo irá receber o Flamengo, novamente em Belo Horizonte, sábado (26), às 21h. Já o Cruzeiro, visita o Santos na Vila Belmiro, no próximo domingo (27), ás 16h, procurando se reabilitar na tabela.

Melhores momentos

Renato Gomes

Sobre Renato Gomes

Renato Gomes já escreveu 21 posts nesse site..

Jornalista, 33 anos, casado e pai de uma linda princesa. Como quase todo brasileiro, amante do futebol e dos esportes em geral. Como admirador do futebol Sul-Americano, gosto muito de acompanhar os jogos da Copa Libertadores.

BetWarrior


Poliesportiva


Renato Gomes
Renato Gomes
Jornalista, 33 anos, casado e pai de uma linda princesa. Como quase todo brasileiro, amante do futebol e dos esportes em geral. Como admirador do futebol Sul-Americano, gosto muito de acompanhar os jogos da Copa Libertadores.

    Artigos Relacionados

    Topo