Ricardo Goulart: o maior artilheiro da história do Guangzhou Evergrande

- O jogador foi contratado em janeiro de 2015 pelo clube chinês e se tornou ídolo do clube
Ricardo Goulart

Após ser bicampeão brasileiro (2013/2014) e Campeão Mineiro (2014) com o Cruzeiro Ricardo Goulart Pereira, mais conhecido como Ricardo Goulart foi começar sua história no Guangzhou Evergrande da China. Contudo, em 2015 o clube chinês pagou 15 milhões de euros, cerca de 48,9 milhões na cotação da época. Assim, o meia-atacante entrou para história do clube por ter ganhado sete títulos em quatro temporadas. Vamos escalar a Muralha e ficar por dentro dos feitos do atacante no futebol chinês.

TRAJETÓRIA DO RICARDO GOULART

Em 2015 além do próprio Ricardo Goulart ser contratado, também foram Alan, Renê Junior e Paulinho. Em junho de 2015, o treinador Felipão também foi contratado pela equipe chinesa. Assim, naquela temporada, o Guangzhou Evergrande conquistou a Liga Chinesa e a Liga dos Campeões da Ásia com Goulart sendo destaque com 27 gols em 45 jogos. Entretanto, no Mundial de Clubes foi eliminado na semi pelo Barcelona por 3 x  0 e perdeu o jogo do 3º lugar pelo Sanfrecce Hiroshima por 2 x 1.

Apesar de ter caído na fase de grupos na AFC Champions League na temporada de 2016 foi a mais vitoriosa pelo clube. Então ganhou três competições, o hexa do Chinês, a Copa da China de forma invicta e a Chinesa FA Super Cup. Naquela temporada, Goulart fez 40 jogos e marcou 29 gols, além disso foi o artilheiro da Superliga Chinesa.

Em 2017, a hegemonia do Guangzhou continuou e com o Ricardo Goulart como principal destaque da equipe. O atacante fez 41 jogos e marcou 27 gols, ajudou a equipe a chegar ao Heptacampeonato da Superliga Chinesa, ao Bicampeonato da Supercopa da China e as quartas de finais da Liga dos Campeões Asiática. Na competição continental, foi eliminado pelo Shanghai SIPG nos pênaltis.

Na temporada seguinte (2018), a equipe chinesa viu o fim da sua hegemonia. Apesar disso, o Ricardo Goulart manteve seu forte desempenho com 21 gols em 28 jogos. Guangzhou conquistou somente a Supercopa da China, na AFC Champions caiu nas oitavas de finais pelo Tianjin Tianhai da China e foi vice campeão da Superliga Chinesa.

Em 2019 foi por empréstimo para o Palmeiras, porém se lesionou e acabou voltando ao clube chinês. No final do ano, optou por se naturalizar chinês e disputar a Copa do Mundo pela China. Atualmente tem contrato até dezembro de 2023 e nesses quatro anos pelo clube. Então, somando tudo, ele disputou 157 jogos, marcou 103 gols e fez 53 assistências.

Foto destaque: reprodução/ Visual China Group via Getty Images/Visual China Group via Getty Images.

BetWarrior


Poliesportiva


Kaliel Serafin
Kaliel Serafin
Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

Artigos Relacionados

Topo