Retrospectiva do ano da Ponte Preta: fraco no campo, mas muita luta... (Foto destaque: Divulgação/ Álvaro Jr/ PontePress)

De antemão, 2021 chegando ao fim, e só falta uma retrospectiva do ano da Ponte Preta, é hora de passar a régua na temporada! Analogamente, bastante agitação dentro e fora de campo: paralisação do futebol por conta da pandemia Covid-19, ‘greve' dos atletas por pendências salariais, protesto dos torcedores, retorno de Gilson Kleina, eleições do novo comandante para os próximos quatro anos, e para fechar, uma Série B com algumas dificuldades.

Assim como, uma pergunta que resume a temporada é: precisava de tanto sofrimento? A saber, no início do ano a Macaca disputou o Campeonato Paulista. De maneira que, o time foi irregular, inclusive, teve chance de queda à Série A2 e a não classificação para a fase final. Bem como, a derrota contra o Palmeiras foi uma das responsáveis para a eliminação.

Por outro lado, o time também disputou a Copa do Brasil, estreou bem. No entanto, foi eliminado na segunda fase contra o Criciúma.

Retrospectiva do ano da Ponte Preta

Nesse ínterim, o time iniciou a preparação para a Série B e chegaram jogadores que foram responsáveis pela permanência do time no torneio. Do mesmo modo, são eles: Fessin, Cleylton, Felipe Albuquerque, Kevin, Rodrigão, Fábio Sanches, Gustavo Cipriano.

Ocasionalmente, a Macaca fez a Série B com um primeiro turno fraco e que foi melhorar na inversão. A saber, nesta temporada, o time teve o pior índice ofensivo no Brasileiro e marcou apenas 39 gols com 38 rodadas disputadas. Do mesmo modo, as chances de rebaixamento assombraram a equipe até a penúltima rodada, mas soube sacramentar sua permanência.

Juntamente com isso, uma boa recordação é a vitória diante do Confiança, um alívio.

Por fim, 2021 teve muito sofrimento, mas 2022 será diferente!!! Eventualmente, o clube tem novo presidente e os reforços estão chegando. Bem como, Norberto, lateral-direito, Matheus Jesus, volante e Pedro júnior, centroavante foram anunciados para a próxima temporada.

Afinal, a estreia no Campeonato Paulista acontece no dia 26 de janeiro, diante do Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo.

 

Foto destaque: Divulgação / Álvaro Jr/ PontePress

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs