Resumo da rodada da Champions League

Esta terça-feira (1°) abriu a quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Foram oito jogos repletos de emoção, gols no fim da partida e, é claro, golaços. Confira um resumo do que rolou de melhor nos jogos.

Basel 1×2 PSG

O time francês não foi para a Suíça com muita inspiração e suou para vencer o Basel. O Basel estava invicto na temporada atuando em casa e por muito pouco viu essa invencibilidade cair. Matuidi abriu o placar para os franceses em um gol sem querer. Zuffi empatou para os donos da casa com um golaço em chute de fora da área, encobrindo o goleiro. N]ao se sabe até agora se ele tentou cruzar, ou viu mesmo o goleiro adiantado. Mas os visitantes selaram a vitória aos 45 do segundo tempo com uma pintura ainda maior de Meunier. O lateral pegou um cruzamento de voleio, sem pulo, e emendou para o fundo da rede, no ângulo, sem chances para o goleiro Vaclík. Com a vitória, o PSG já está classificado para as oitavas de final da competição.

Lugodorets 2×3 Arsenal

O Arsenal foi até a Bulgária e começou mal a partida. Jonathan Cafu, aquele mesmo que jogava pelo São Paulo, abriu o placar logo no começo do jogo e fez uma belíssima jogada para o segundo dos donos da casa. Mas ainda na primeira etapa, Xhaka e Giroud trataram de empatar e deixar o time inglês vivo na partida. Somente no segundo tempo, aos 43 minutos, Ozil recebeu lançamento sozinho, cara a cara com o gol e teve frieza. Primeiro chapelou o goleiro, ameaça chutar e deixa os dois zagueiros que faziam a cobertura no chão, e manda pro fundo das redes vazias. Golaço do meia que fez o 4° gol na competição e colocou o Arsenal, assim como o PSG, já classificado para as oitavas de final.

Besiktas 1×1 Napoli

A partida que começou mais cedo hoje em Instambul ficou apenas no empate por 1 a 1. Os donos da casa abriram o placar com Ricardo Quaresma em cobrança de pênalti, mas na sequência, Hamsik pegou bonito na bola, de fora da área, e empatou a partida. Mesmo com a pressão de uma torcida inflamada que cantava a todo momento, o Besiktas não conseguiu encontrar forças para ampliar o placar e o placar permaneceu igual.

Benfica 1×0 Dínamo de Kiev

Jogando no Estádio da Luz, o Benfica venceu pelo placar mínimo os ucranianos do Dínamo de Kiev. Completamente superior no jogo, mas sem conseguir furar a forte marcação dos adversários, o gol só saiu nos últimos minutos dos acréscimos do segundo tempo, quando Salvio deu a vitória ao time da casa que agora é o segundo colocado do grupo B.

Borussia Mönchengladbach 1×1 Celtic

Jogando na Alemanha, o Celtic viu a classificação para as oitavas de final praticamente desaparecerem. O clube escocês precisará vencer as duas partidas que faltam, contra Barcelona e Manchester City, além de torcer por tropeços do próprio City e do Borussia para se classificar no grupo C. Já o Borussia perdeu a chance de vencer e viu a classificação para as oitavas de final ficar mais longe. Stindl abriu o placar para os donos da casa aos 32 minutos da primeira etapa. Dembélé empatou para o Celtic aos 31 da segunda etapa, jogando água no chopp dos alemães.

Manchester City 3×1 Barcelona

O jogão da rodada tinha tudo para ser entre essas duas grandes equipes, e elas não decepcionaram. Jogando para frente, o Manchester City engoliu o Barcelona, mesmo tendo apenas 35% de posse de bola. O time de Guardiola marcava a saída de bola dos catalães como no jogo de ida, mas com muito mais ímpeto. Em um dos raros momentos de falha de marcação, num contra-ataque, Neymar achou Messi na entrada da área livre, o argentino só teve o trabalho de conduzir a bola e mandar no canto rasteiro de Caballero. Os citizens não sentiram o golpe e continuaram a jogar da mesma maneira, pressionando o adversário na saída de bola, e deu certo. Sérgio Roberto saiu jogando errado e deixou a bola de graça para Aguero na entrada da área. O argentino rolou para Sterling que cruzou na segunda trave para Gundogan aparecer e mandar para as redes. No segundo tempo, o City perdeu inúmeras oportunidades de marcar. Até que numa cobrança de falta, De Bruyne mandou no contrapé de Ter Stegen. Ainda em cima do time de Luís Henrique, em mais um contra-ataque, a bola passa por De Bruyne que acha Jesus Navas na linha de fundo que cruza para Aguero, a bola resvala no argentino e sobra para Gundogan fazer o segundo dele no jogo. O Barça ainda segue líder, mas o City encerra a quarta rodada mais tranquilo para avançar para a próxima fase.

Atlético de Madrid 2×1 Rostov

No apagar das luzes o Atlético de Madrid consegue bater os russos do Rostov em casa. Griezmann anotou o gol da vitória apenas no último minuto de jogo. O árbitro chegou a anular o gol do francês em um primeiro momento por considerar que o atacante estava impedido, mas depois confirmou o gol que garante ao Atlético os 100% de aproveitamento na competição. Azmoun fez o gol de empate para o Rostov logo depois do gol de Griezmann que abriu o placar no primeiro tempo. Com a vitória, o Atlético de Madrid também garante vaga nas oitavas de final.

PSV 1×2 Bayern de Munique

A insistência do atacante Lewandowski resultou em dois gols para o Bayern e garantiram a vitória na Holanda contra o PSV. Logo no inicio do jogo, Lewandowski cabeceou na trave. A equipe da casa abriu o placar com Santiago Arias, completamente impedido, mas que o auxiliar não viu. Mais uma vez Lewandowski cabeceia na trave, após cruzamento de Robben em escanteio. Na base da vontade, o polonês empatou em cobrança de pênalti no final do primeiro tempo. Aos 28 minutos do segundo tempo, mais uma vez o artilheiro deixou o dele. Em ótima jogada de Douglas Costa que passa para Alaba cruzar rasteiro para o camisa 9 escorar para as redes. Ainda deu tempo para Conan fazer o cruzamento, Douglas Costa escorou com o peito para Lewandowski que soltou a bomba, que insistentemente ficou no travessão, negando ao camisa 9 o que seria um golaço.

Avatar

Sobre Miguel Deak

Miguel Deak já escreveu 23 posts nesse site..

Entusiasta do futebol moderno mas sem esquecer de sua época romântica, começou tarde nesse esporte ludopédio. Aos 13 anos "descobriu" o futebol Europeu após assistir um Sevilla x Barcelona, em 2003, e se tornou ,desde então, apaixonado pelo esporte bretão, com um carinho especial pelo time da Catalunha. VISCA EL BARÇA! Amante do 4-3-3 mas que respeita a decisão de quem prefere o 4-4-2, não admite que profissionais batam escanteio a meia altura e detesta lateral cobrado na área.

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Miguel Deak
Entusiasta do futebol moderno mas sem esquecer de sua época romântica, começou tarde nesse esporte ludopédio. Aos 13 anos "descobriu" o futebol Europeu após assistir um Sevilla x Barcelona, em 2003, e se tornou ,desde então, apaixonado pelo esporte bretão, com um carinho especial pelo time da Catalunha. VISCA EL BARÇA! Amante do 4-3-3 mas que respeita a decisão de quem prefere o 4-4-2, não admite que profissionais batam escanteio a meia altura e detesta lateral cobrado na área.

    Artigos Relacionados

    Topo