Remo

Após quase cinco meses de paralisação, devido pandemia da COVID-19, o Campeonato Paraense retorna neste final de semana. Dessa forma, neste domingo (2), fechando a 9ª rodada, o Remo recebe o Águia de Marabá, no Baenão, às 15h30 (horário de Brasília), sem torcida por causa do protocolo de segurança da FPF. Os anfitriões buscam confirmar a ida para as semifinais. Enquanto os visitantes ainda sonham com classificação e a vaga no Campeonato Brasileiro Série D.

REMO

O Leão Azul de Antônio Baena está na 2ª colocação, com 17 pontos, atrás apenas do Paysandu, que tem dois a mais. Antes da paralisação, o Leão empatou com Independente de Tucuruí por 0 x 0, no Baenão. Nesse sentido, durante a parada, o elenco azulino se modificou bastante, sobretudo no setor defensivo. Os laterais titulares Nininho e Ronaell deixaram o clube. Além disso, o volante Rafael Tufa, os atacantes Wesley e Jackson e o meia Lukinha também se despediram do Filho da Glória e do Triunfo. Para compor o plantel, vieram os zagueiros Gilberto Alemão e Kevem, os laterais Everton Silva e Marlon, os volantes Júlio Rusch e Lucas Siqueira e o centroavante Zé Carlos, este a pedido do técnico Mazola Júnior. O Clube do Periça necessita apenas de um empate para avançar de fase.

https://twitter.com/ClubeDoRemo/status/1288965346767130624

ÁGUIA DE MARABÁ

Por outro lado, o Azulão Marabaense vinha de ascensão antes da pandemia, onde havia conquistado duas vitórias seguidas, sobre Itupiranga e Paragominas, concorrente direto na briga pela classificação. Por consequência, encostou no G4, ficando a dois pontos do Jacaré. Dessa maneira, no período de paralisação do certame, a equipe do técnico João Galvão aproveitou para reforçar o time. Desse modo, o Azulão apresentou quatro caras novas para integrar o elenco. São eles o meio-campo Marquinhos Bala, o atacante Carlos Neto, o meio-campista Marquinho e o atacante Felipe Jesus. Além disso, o experiente meia Flamel foi repatriado pela equipe de Marabá.  Em resumo, para manter vivas as chances de classificação, o Águia precisa vencer o Clube do Remo e torcer para que o Paragominas não vença o Paysandu. Em caso de derrota marabaense e vitória do Jacaré, o Azulão estará eliminado.

https://twitter.com/MarabaAguia/status/1289033373202223104

RETROSPECTO – REMO X ÁGUIA DE MARABÁ

Remo e Águia se enfrentaram de 2008 até aqui, totalizando 24 vezes. Nesse meio tempo, foram 17 vitórias azulinas, quatro empates e três vitórias marabaenses. Todos os confrontos foram pelo Parazão com destaque para final do Campeonato Estadual de 2008, vencida pelo Leão por 2 x 1. E posteriormente para a final do 2º turno de 2010, vencida pelo Azulão por 2 x 0.

APOSTA INDICADA E PALPITE

Os dois elencos passaram por modificações. Assim, o Remo teve que recompor suas laterais, e o Águia reforçou o setor do meio-campo. O técnico Mazola Júnior já conseguiu, antes da parada, dar um padrão à equipe, e nesse período de quase um mês treinando vem tentando entrosar o time. Em contrapartida, João Galvão já tem uma equipe um pouco mais entrosada, porém o Azulão oscilou muito na competição chegando até brigar contra o rebaixamento. O palpite é de 2 x 1 para o Remo.

ODDS: 1 (1.45) / X (3.60) / 2 (6.40)

Foto Destacada: Reprodução/Samara Miranda/Globoesporte.com

Amaury Ferreira
Amaury Ferreira
Escolhi o Jornalismo como profissão, porque desde a minha infância sempre fui fascinado pelos âncoras de telejornais e pelas transmissões esportivas no rádio e na televisão, a relação com meu time do coração também influenciou na minha escolha. Sou uma pessoa bem tranquila, mas que quando acredito em alguma coisa, sempre tento buscar correr atrás.

Artigos Relacionados