Remo: Volante França vence na justiça e clube é obrigado a pagar dívida ao jogador (Foto: Cid Alves/Remo)

O volante França, ex-Palmeiras, conseguiu uma vitória importante na justiça diante do Remo na última semana. Assim, o clube paraense acabou sendo condenado a pagar pouco mais de R$ 95 mil para o atleta. Dessa forma, por conta de uma ação de 2017, ano que defendeu o Leão no Campeonato Brasileiro da Série C. Naquele ano, o hoje jogador da Portuguesa Santista atuou em sete partidas.

Assim, os valores da ação referem-se a salários não recebidos e os depósitos de FGTS não realizados, além dos honorários da defesa do volante. A princípio, o valor já deveria ter sido pago, porém a defesa do jogador confirmou que o depósito ainda não foi realizado.

“Estamos trabalhando para entrar com pedido de penhora dos valores que o clube tem a receber da CBF para a realização do débito junto ao meu cliente. O Remo não cumpriu com uma decisão da justiça e vamos levar isso à próxima etapa”, explicou o advogado Dyego Tavares, representante de França.

PASSAGEM PELO REMO

Assim, naquela temporada, França chegou no Remo para disputa do Campeonato Brasileiro da Terceira Divisão. Apesar disso, a passagem foi curta e não deixou saudade nos torcedores azulinos. Em seis jogos, o volante não marcou nenhum gol, teve duas vitórias, três empates e uma derrota.

França ficou conhecido nacionalmente quando foi contrato pelo Palmeiras, após passagem pelo Hannover 96, da Alemanha. Antes, havia se destacado pelo Criciúma, em 2012, quando chamou a atenção dos alemães. Depois do Verdão, o volante começou a rodar por vários clubes brasileiros.

Foto Destaque: Divulgação/Cid Alves/Remo

Analu Neves
Analu Neves
Paraense apaixonada por futebol, estádios e tudo que envolve esse esporte que me faz arrepiar, gritar, abraçar o desconhecido do lado. Amo escrever e descobrir novas histórias, por isso quero descer da arquibancada e mostrar pro mundo que no campo também é lugar de mulher!

Deixe uma resposta