Reedição de semifinal de 2018 é destaque da Champions Ásia 2019

- Pelo Grupo D, Al-Saad e Persepolis duelam como protagonistas, enquanto Pakhtakor recebe Al-Ahli no confronto de coadjuvantes

Pela 2ª rodada do Grupo D da Liga dos Campeões da Ásia 2019, dois jogos acontecem nesta terça-feira (12). No primeiro jogo, às 10h (horário de Brasília), os uzbeques do Pakhtakor recebem os sauditas do Al-Ahli. Mais tarde, aos 12h45 (horário de Brasília), o duelo mais importante do grupo, na reedição da final médio-oriental de 2018Al-Sadd x Persepolis. Vejs todos os detalhes da Champions Ásia.

Champions Ásia – 2ª rodada

Pakhtakor x Al-Ahli – 10h

O Campeonato Uzbeque começa neste fim de semana. Com isso, os locais não vêm com forte ritmo de jogo. Já os visitantes estão em praticamente no fim da temporada, o que pode ser benéfico, já que o entrosamento é maior. Porém, o cansaço pode ser uma ponto negativo também, pela sequência de jogos. Os uzbeques vêm de empate na rodada passada e querem sua primeira vitória sob o aplauso de sua torcida.

Campeões do campeonato nacional em 2018, a equipe perdeu seus dois principais artilheiros na janela de transferências: o guineense Esmaël Gonçalves (Esteghlal) e o brasileiro Tiago Bezerra (Al-Khor). Porém, recontrataram Marat Bikmaev, autor do gol que abriu o placar no jogo da 1ª rodada e que começou na base do time em 2003 e se profissionalizou em 2004. Odiljon Xamrobekov está novamente disponível após cumprir suspensão.

Os visitantes contam com o sírio Omar Al Somah, vice-artilheiro do campeonato nacional no 2018. O brasileiro Leonardo marcou 10 vezes na Liga Saudita, mas deixou o time rumo ao Al-Wahda. O egípcio Kahraba, com nove tentos ano passado, foi defender o Zamalek, do Egíto. Abdulfattah Asiri e Mansoor Al-Harbi são os armadores do time.

O Al Ahli teve um excelente início de campanha no Grupo D, com Omar Al Soma na vitória por 2 x 0 sobre o Al-Sadd, e na vitória por 2 x 1 sobre o Al Quadisiya, na Liga Pro Saudita. O técnico uruguaio, Jorge Fossati, citou seu bom estudo dos pontos fortes e fracos da equipe adversária: “Os jogadores têm a determinação de fazer nossos fãs felizes por alcançar um resultado positivo no confronto e continuar a liderar o grupo após uma vitória significativa. 

https://twitter.com/ALAHLI_FCEN/status/1105136332333035521

Al-Sadd x Persepolis – 12h45

O Al-Sadd estará desesperado para vingar a derrota na semifinal da Liga dos Campeões da Ásia 2018, no final da temporada passada. A equipe do Catar ficou em desvantagem de 2 x 1 em 2018. Apesar de seu forte fator casa, os mandantes estão no topo da Qatar Stars League. O clube de Doha teve um mau começo no continental ao perder por 2 x 0 para o Al-Ahli, da Arábia Saudita, na semana passada, e eles estão desesperados para obter pontos na tabela. As boas novas são que o capitão e meio-campista espanhol, Xavi Hernández, voltou a treinar esta semana depois de uma contusão, mas é uma partida duvidosa para a partida de hoje. O defensor Boualem Khoukhi também pode ficar fora do jogo devido a lesão. 

O técnico portugûes, Jesualdo Ferreira, falou sobre o que se esperar da partida: “Sabemos que temos uma tarefa difícil contra o Persepolis. Depois de sofrer uma derrota para o Al-Ahli, da Arábia Saudita, nós queremos voltar ao caminho certo. Será uma partida difícil, mas estamos prontos para vencer o jogo”, disse o experiente técnico.

https://twitter.com/AlsaddSC/status/1105030665983217664

Normalmente formidável em casa, o Persepolis ficou desapontado com o jogo inaugural ao empatar em 1 x 1 com o Pakhtakor, do Uzbequistão, com Mario Budimir marcando na sua estreia na Champions Ásia. O time de Teerã também empatou em 1 x 1 com Nassaji Mazandaran, na sexta-feira (8), com um ponto de vantagem no topo da Liga Pro Iraniana, para manter sua tentativa de conquistar o terceiro título consecutivo. O treinador visitante, Branko Ivankovic, disse na segunda-feira (11) que o Al-Sadd é ainda mais forte do que o Qatar, atual campeão da Copa da Ásia, informou o jornal Tehran Times.

“Primeiramente, gostaria de parabenizar os qatarianos por terem conquistado o título da Copa da Ásia. Acho que o Al-Sadd é ainda mais forte que o Qatar desde que a equipe aproveitou os estrangeiros como Xavi Hernández, Gabi e os jogadores internacionais do Catar. O Persepolis também é um time forte e eu estou orgulhoso de meus jogadores. Estamos determinados a mostrar nossa melhor forma contra o Al-Sadd”, contou o comandante.

“Queremos mostrar um desempenho aceitável contra nossos adversários. O Persépolis é um grande time na Ásia e somos apoiados por dezenas de milhões de torcedores. O Al-Sadd também é um grande time com um ótimo técnico. Eu assisti a partida entre Al-Sadd e Al-Ahli e tenho que dizer que os Qataris foram a melhor equipe, apesar de sofrer uma derrota fora”, completou Ivankovic.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1232 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo