Real Madrid e Roma buscam redenção no grupo G da Liga do Campeões da UEFA

- Espanhóis e italianos vêm de derrota nos campeonatos nacionais e buscam se recuperar na Champions tendo Viktoria Plzen e CSKA Moscou, respectivamente, como adversários

Na abertura da 3ª rodada do Grupo G da UEFA Champions League, nesta terça-feira (23), dois jogos acontecem simultaneamente às 16h (horário de Brasília): o gigante espanhol e maior vencedor da competição, Real Madrid, vai em busca de sua segunda vitória na competição e, jogando em casa, contra o adversário considerado mais fraco do grupo, os tchecos do Viktoria Plzen, esperam espantar a crise que assombra o Santiago Bernabéu. No outro confronto, os italianos da Roma também visam recuperação após derrota no Calcio e o adversário é o único invicto do grupo, os russos do CSKA, que lideram e já venceram os galáticos, algoz dos giallorossi na 1ª rodada.

CHAMPIONS LEAGUE – 3ª RODADA – GRUPO G

Real Madrid x Viktoria Plzen

Vivendo uma crise, os espanhóis do Real Madrid recebem o subestimado Viktoria Plzen, da República Tcheca, no Santiago Bernabéu, a fim de encerrar o período ruim de cinco jogos sem vencer e três derrotas consecutivas. Desde a saída do astro e ídolo portuguêsCristiano Ronaldo, os madridistas não vivem uma boa fase, salvo o resultado de 3 x 0 sobre a Roma na 1ª rodada da Champions. Afora isso, são quatro jogos sem vencer na La Liga, sendo três derrotas e um empate com o Atlético de Madrid sem gols.

O Real está invicto em seus últimos 26 jogos em casa na fase de grupos da Champions League (23 vitórias e três empates), desde uma derrota por 3 x 2 para o Milan em outubro de 2009. Além disso, não deixou de marcar em seus últimos 43 jogos como mandante na competição, desde a derrota por 2 x 0 para o Barcelona em abril de 2011. Desde então, marcou 125 gols no Santiago Bernabéu, com uma média de quase três por jogo.

https://twitter.com/realmadrid/status/1054473226460545025

O lateral direito espanhol Dani Carvajal continua a ser o único ausente, o meia-atacante galês Gareth Bale e o atacante francês Karim Benzema, substitutos durante a derrota do Levante no fim de semana, participaram dos treinamentos na segunda-feira e devem jogarKeylor Navas também está pronto para começar no gol à frente de Thibaut Courtois, já que Lopetegui favorece o costarriquenho na Liga dos Campeões. Este será o primeiro encontro competitivo entre as equipes. Os atuais campeões vem de derrota na segunda rodada para os russos do CSKA.

“A Liga dos Campeões da Europa é uma competição ligada à longa história do clube e na qual temos muitas expectativas. Temos muita ambição, motivação e entusiasmo e os adversários vão obrigar-nos a colocar em grande desempenho para ganhar os três pontos. Os Viktoria são um time físico, com jogadores de qualidade e taticamente muito organizados. Eles não sofrem muitos gols e no jogo contra o CSKA tiveram um primeiro tempo fenomenal. Temos que pensar em dar um grande show .Estamos realmente ansiosos pelo jogo”, disse o comandante merengue, Julen Lopetegui.

https://twitter.com/realmadrid/status/1054673786820210688

Os visitantes empataram o primeiro jogo com o atual líder da competição, o invicto CSKA, por 2 x 2, em casa, um grande feito para as pretensões do clube de ir a Liga Europa, em segunda caso. No jogo seguinte, pela 2ª rodada, foram goleados pelos italianos da Roma por 5 x 0. Desde então, a equipe tcheca vem de três jogos sem perder, sendo duas vitórias e um empate, em competições nacionais. Para o duelo de hoje, o Viktoria não conta com o meia Jan Kopic devido a lesão no tornozelo. A estratégia é a defesa forte, como relata o meia-atacante Patrik Hrosovsky:

“Estamos saindo de bom humor e espero voltar com a mesma atmosfera. É certamente uma grande partida para nós, nossas expectativas são grandes e vamos ver como vai ser. Qualquer deslize que eles tiveram até agora não significa nada. Foi muito semelhante ao Barcelona que jogámos antes, ambas as equipas são extremamente fortes na combinação. Temos de defender bem e não lhes damos tempo para os passes finais em que são especialistas. Nós certamente temos respeito por cada rival, e pelo Real Madrid por essa qualidade, é claro. Agora eles não estão fazendo muito, mas na temporada passada eles estavam em um nível similar e venceram a Liga dos Campeões. A qualidade (também) é enorme aqui (Plzen)”.

https://twitter.com/fcviktorkaplzen/status/1054473152745607168

Roma x CSKA Moscou

Os gialorossis, a exemplo do Real Madrid, também buscam uma recuperação. A equipe vem de derrota no Campeonato Italiano para o modesto SPAL 2013, em casa, por 2 x 0, e caíram para a pífia 7ª posição, já tendo três revés. Na Liga dos Campeões sofreu a derrota para o favorito Real Madrid, mas goleou o Viktoria Plzen por 5 x 0 e voltou ao caminho das vitórias. Contudo, o adversário de hoje é o líder da competição e já venceu os espanhóis, o que pode causar uma insegurança a equipe romana.

De última hora, Kolarov se tornou desfalque. O lateral esquerdo até tentou, mas ainda sente dores no dedinho do pé, por conta de uma micro fratura no último dia 28 de setembro. Em seu lugar deve jogar Santon. A equipe, especialmente neste momento tão delicado da temporada, precisa de líderes para se agarrar, e este será o papel do experiente De Rossi. El Shaarawy deve começar no banco e Kluivert ocupará sua vaga na ponta esquerda. Manolas retornará ao centro da defesa. Outro desfalque é o argentino Javier Pastore, lesionadoPerotti é mais um que não joga.

https://twitter.com/OfficialASRoma/status/1054318574234406912

Após a dura derrota no Italiano, o comandante romano deu entrevista coletiva antes do duelo na Champions com bastante dureza nas palavras:

“Nós não podemos estar felizes depois de uma derrota em casa, e os altos e baixos da equipe me atormentam mais do que qualquer coisa, mas, felizmente, não há tempo para conversa, perdemos um jogo muito importante, e temos que voltar a vencer, é fundamental. Quero determinação e malícia. Estamos em Roma, e em Roma você é forçado a vencer. Nem sempre pode se dar ao luxo de muitos erros, mas quem não é capaz de lidar com essa atitude a longo prazo está fora, comigo não vai mais jogar”, esbravejou o técnico Eusébio Di Francesco.

https://twitter.com/OfficialASRoma/status/1054401207383539712

Os russos vêm fazendo uma ótima Champions, salvo o empate com o Viktoria Plzen quando uma vitória era considerada. Entretanto, ainda assim, lideram o grupo G com quatro pontos e vão a Roma buscar somar pontos. Após a vitória sobre o Real Madrid na 2ª rodada, o time perdeu o clássico russo contra o atual campeão, Lokomotiv, em casa, por 1 x 0. Em seguida, caíram nas 16 avos de final da Taça da Rússia para o desconhecido Tyumen, nos pênaltis, após um 1 x 1 no tempo regulamentar. Em seguida, voltou a vencer no Campeonato Russo, fora de casa, por 2 x 0, subindo para a 3ª colocação.

Os soldados russos contam com jogadores de qualidade e dentre eles dois brasileiros: na zaga, Rodrigo Becão, e na lateral direita o naturalizado Mário Fernandes, que jogou a Copa do Mundo pela Rússia. Em destaque também o defensor Hordur Magnússon, da Seleção Islandesa. Ainda tem como principal destaque o atacante croata Vlasic. O russo Dzagoev não está 100% e não deve jogar os 90 minutos. Kuchayev é desfalque por lesão. Outro que não joga e é um dos principais jogadores é o goleiro da Seleção Russa, Igor Akinfeev, expulso no final do embate contra os galáticosIlya Pomazun e Georgi Kyrnats brigam pela titularidade do gol, com o primeiro levando vantagem por ser dois anos mais velho.

https://twitter.com/pfc_cska/status/1054692542829211649

O técnico do CSKA, Viktar Hancarenka, espera muitas dificuldades no duelo contra os romanos e apontou também as principais armas dos donos da casa:

“A Roma é uma equipe de topo e com jogadores de qualidade. Eles mudaram muito este ano, mas o treinador conseguiu organizar a equipe da forma mais efetiva”, afirmou o treinador, que ainda completou dizendo sobre os jogadores mais perigosos dos giallorossis: “Não deveria dizer, mas são Edin Dzeko e Daniele De Rossi, se jogarem”.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1232 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo