No último final de semana, Avaí e Criciúma se enfrentaram na Ressacada para decidir o Catarinense sub-17. Na ida, o Leão da Ilha bateu o rival por 4 a 2 e poderia perder por até um gol de diferença para garantir o título da competição. Porém, o Tigre não se deu por vencido e conseguiu erguer a taça.

Jogando fora de casa e precisando reverter o placar, o Criciúma venceu por 3 a 1 no tempo nornal e levou a decisão para os pênaltis, onde foi melhor e pôde soltar o grito de campeão. Um dos gols marcados no tempo normal foi de Rayan, que vive um sonho com a camisa Tricolor.

“É um momento único na minha carreira e na minha vida. Esse título veio pra coroar uma temporada de muito trabalho e dedicação de todos nós. Muito feliz de poder contribuir com um gol na final e levar esse troféu pra nossa torcida”.

É a segunda temporada de Rayan no sub-17 do Criciúma e o jogador projeta o que será o seu 2022 no clube.

“Quero seguir fazendo um bom trabalho, evoluindo todos os dias e com meus companheiros. Sabemos que na base o tempo passa muito rápido, então quero aproveitar cada segundo e dar o meu melhor”.

Foto: Gustavo Medeiros

Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

Deixe um comentário