Rápidos como um raio

No final de 2015, a Fifa elaborou uma pesquisa que apontava os dez jogadores mais rápidos do futebol mundial. Segundo o levantamento feito, o jogador mais veloz é o equatoriano Antonio Valencia, do Manchester United, que atingiu a marca de 35,1 km/h como velocidade média; na segunda colocação vem o galês Gareth Bale, do Real Madrid, com 34,7 km/h.
A principal mudança aconteceu na terceira colocação. No dia 5 de março, em duelo entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique, o gabonês Aubameyang superou a marca do jogador de Aaron Lennon, do Everton, e assumiu a terceira posição do ranking. O camisa 25 do clube inglês tinha cravado uma velocidade média de 33,8 km/h. Contra o Bayern, segundo a equipe de estatísticas da Bundesliga, Aubameyang superou a marca de 34,6 km/h.
Completam a lista Cristiano Ronaldo, Theo Walcott, Lionel Messi, Wayne Rooney, Frank Ribéry e Arjen Robben.
Vale destacar que os dez jogadores citados nessa lista possuem uma velocidade média superior a 30 km/h.
Ademais, embora Arjen Robben possua a menor velocidade média entre os jogadores de futebol, o holandês é detentor da marca de maior velocidade atingida em uma partida oficial. Na Copa do Mundo, em jogo contra a Espanha, Robben arrancou da linha do meio de campo, superou Sergio Ramos na corrida, atingiu a incrível marca de 37 km/h e marcou um dos gols mais espetaculares do último mundial.
André Siqueira Cardoso

Sobre André Siqueira Cardoso

André Siqueira Cardoso já escreveu 313 posts nesse site..

Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

BetWarrior


Poliesportiva


André Siqueira Cardoso
André Siqueira Cardoso
Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.
    Topo