Com passagens pelo CRB e Vasco, Ramon Menezes, ídolo do Vitória, comandará seu primeiro jogo diante do Internacional, em Porto Alegre

Com cinco jogos sem saber o que é vencer, o Vitória anunciou, na manhã desta terça-feira (8), uma mudança no comando técnico da equipe profissional. O clube rubro-negro desligou oficialmente Rodrigo Chagas e divulgou a contratação do técnico Ramon Menezes.

Mediante publicação nas redes sociais, o Leão será comandado pelo novo treinador no próximo compromisso desta semana. Nesta quinta-feira (10), o Vitória visita o Internacional, no estádio Beira-Rio, às 21h30 (horário de Brasília). A partida acontece pelo jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil de 2021.

Ramon Menezes: carreira de treinador no Brasil

Aos 48 anos, o ídolo do Vitória, Ramon Menezes, chega ao Rubro-Negro após algumas experiências em outros clubes brasileiros. O último time que comandou foi o CRB, em 2020.

Nesse meio tempo, ele disputou 9 jogos, onde somou duas vitórias. Anteriormente, nesse mesmo ano, comandou o Vasco em 14 partidas, com 8 triunfos conquistados.

Um dos principais ídolos do clube baiano, o “Reizinho da Toca” vestiu a camisa rubro-negra em dois momentos. O primeiro deles entre 1994 e 1995.

Após 13 anos, depois de passar por várias equipes do Brasil, além de jogador no futebol japonês e do Qatar, o ex-meia voltou para a Toca do Leão. Na segunda passagem pelo Vitória, Ramon se tornou tricampeão baiano e levou a equipe a alcançar a final da Copa do Brasil, em 2010.

Derrotas consecutivas geraram demissão

Depois de obter como resultado três derrotas e dois empates nos últimos cinco jogos disputados, o técnico Rodrigo Chagas não é mais treinador do time profissional do Vitória.

Do mesmo modo, o revés por 1×0 do Rubro-Negro frente ao Náutico, nesta segunda-feira (7), pela 2ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, implicou na decisão da diretoria do clube.

O duelo diante do Colorado acontece nesta quinta-feira (10), às 21h30 (horário de Brasília), em Porto Alegre (RS). A equipe baiana precisa vencer pelo mesmo placar para levar a decisão para os pênaltis ou vencer por 2×0 para garantir a classificação às oitavas de final no tempo regulamentar.

Campanha de Rodrigo Chagas como técnico no Vitória

Desde que ganhou a efetivação no comando técnico do Leão, Rodrigo Chagas esteve a frente do time principal em 30 jogos.

Ao todo, somou 11 triunfos, 13 empates e seis derrotas, ou seja, um aproveitamento de 51%. Anteriormente, ainda como interino, ele disputou quatro partidas, com duas vitórias, uma derrota e um empate.

Primeiramente, na temporada passada, o treinador salvou o Vitória do rebaixamento para a Série C, tanto quanto na atual temporada, Chagas conquistou a classificação até a semifinal da Copa do Nordeste. Por outro lado, sofreu a eliminação no Campeonato Baiano na primeira fase.

Foto destaque: Divulgação/EC Vitória

Pedro Moraes
Esporte é vida! Olá, prazer. Eu sou Pedro Moraes, baiano, de 23 anos, formado em Jornalismo pela Universidade Salvador - Unifacs. Guiado pela missão de informar aos amantes do esporte mais popular do mundo sobre diversas notícias do futebol nacional e internacional, sou uma pessoa comunicativa e que está sempre em busca de novos desafios. Onde você pode acompanhar meu trabalho? Através das minhas redes sociais. Instagram: @pedrohsmoraes. Twitter: @pedrohsmoraess.

Deixe uma resposta