Rafael Sobis sobre crise no Cruzeiro: “as pessoas não sabem ainda de 10% do que está acontecendo”

- Sem dar mais detalhes, Sobis disse também que no momento certo todos saberão os fatos não divulgados
Rafael Sobis

Depois de perder para o lanterna Oeste, o Cruzeiro praticamente selou sua permanência na Série B. De tal forma, o revés ampliou ainda mais a crise vivida pela Raposa nos bastidores. Logo após a partida no Independência, o atacante Rafael Sobis afirmou que as informações que as possuem têm conhecimento não representam nem 10% do está acontecendo dentro do clube.

Difícil de explicar, porque se fosse por merecimento, a gente tinha vencido. A fase é contexto geral: bola na trave, goleiro defende, o outro time faz o gol. O momento é difícil, os jogadores que estão aqui são heróis porque tem muita coisa acontecendo. É muito difícil, muito difícil mesmo. As pessoas não sabem ainda de 10% do que está acontecendo. Vamos seguir lutando, honrando a nossa camisa e fazer o melhor para o Cruzeiro até o fim“, afirmou o jogador em entrevista a TV Globo.

Em seguida, o jogador foi questionado pela reportagem sobre quais seriam esses problemas. Rafael Sobis, no entanto, disse que não era o momento de divulgar e não deu mais detalhes.

Vocês (da imprensa) gostam de pôr lenha. Vou segurar, na hora certa vocês vão saber. Perdemos hoje, não é o momento de fazer mais polêmica. É assimilar a responsabilidade, que não tivemos qualidade para vencer o jogo e na hora certa vocês vão saber de tudo saber de tudo“, completou.

BASTIDORES TURBULENTO

A situação do Cruzeiro no ano do seu centenário é crítica. Com receita baixa para quitar dívidas, execuções judiciais e processos trabalhistas. De acordo, com o último balancete trimestral a dívida do clube já ultrapassa R$1 bilhão. Com isso, os salários não só de jogadores, mas também de funcionários está atrasados. No total já são três meses de atraso, incluindo o 13º.

Os que permanecem no clube estão irritados. Na última terça-feira (12), véspera da partida contra o Rubrão, como forma de protestos contra a falta de posicionamento da diretoria os jogadores não fizeram a concentração na Toca da Raposa, como é de praxe. Do mesmo modo, o técnico Felipão tem futuro indefinido no clube. Informações dão conta que o comandante não deve seguir à frente da equipe na próxima temporada. Isto porque, promessas da diretoria feitas em sua chegada não estão sendo cumpridas.

Por fim, esta semana a Raposa foi acionada por dois jogadores na justiça. O zagueiro Dedé entrou com pedido de rescisão contratual, cobrando uma quantia de R$35 milhões. No mesmo dia, o volante Jadsom, que havia faltado aos treinos um dia antes, também entrou com uma liminar pedindo o rompimento de contrato.

FOTO DESTAQUE: Bruno Haddad/Cruzeiro/Instagram

BetWarrior


Poliesportiva


Izabela Avelar
Izabela Avelar
Izabela Avelar, mineira de 22 anos. Estudante de Jornalismo na UNA, em Belo Horizonte. Amo esportes e em especial a paixão dos brasileiros: o futebol. Tenho apreciado esta arte pelas arquibandas. Agora me aventuro também pelos bastidores. Para as mulheres, não é fácil entrar nesse mundo. Eu decidi enfrentar. Estou em busca do meu espaço. Levar a alegria de forma imparcial. E provar que mulher entende sim de futebol.

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    Topo