Em confronto pelas quartas de final da Women's Champions League 2020/21, PSG x Lyon se enfrentaram na última quarta-feira (24). Assim, com a ausência de Luana, uma das suas suas principais jogadoras, o time da casa perdeu o jogo por 1 x 0. Duelo esse que aconteceu no estádio Parc Des Princes.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE PSG X LYON

1° TEMPO: PARTIDA EQUILIBRADA E SEM GRANDES CHANCES

Inicialmente, essa etapa foi de grande equilíbrio e sem muitas emoções. A chance mais clara de gol aconteceu no meio da partida, pela equipe do PSG, em um chute que passou na lateral da goleira. Entretanto o jogo seguiu apenas com trocas de passes e algumas ameaças. Assim, indo para o intervalo com a partida em 0 x 0.

2° TEMPO: PÊNALTI POLÊMICO

Em suma, a segunda etapa estava se encaminhando para um empate, após o jogo se manter igual à primeira parte, com equilibrado e algumas trocas de passes. Porém, um lance polêmico aconteceu já nos minutos finais, após um chute da zagueira adversária Irene Paredes.

Em princípio, após o chute, a bola bateu na mão da jogadora Formiga. Assim, a árbitra, Esther Staubli alegou que a meia estava em cima da linha e marcou o pênalti. Então, aos 41 minutos, a zagueira Wendie Renard cobrou a penalidade e chutou direto no gol. Abrindo uma vantagem em 1 x 0, para o próximo duelo.

PSG X LYON – E AGORA?

Por fim, apesar da vitória do time visitante, a classificação ainda não está garantida. Isso se dá, pois a vantagem é pequena. Os dois times voltam a se enfrentar em busca de uma vaga na semifinal na próxima quarta-feira (31), às 13h30 (horário de Brasília). O jogo acontece no estádio Parc Olympique Lyonnais, na cidade de Lyon.

Foto destaque: Divulgação/ Lyon

Avatar
Emilena Gonçalves
Prazer, Emilena Gonçalves! Estudante de jornalismo, gaúcha, gremista, Neymarzete e amante do futebol. Me apaixonei pelo futebol na copa de 2002 e por crescer em uma família que só acompanhava Copa do Mundo, precisei começar a frequentar os estádios sozinha, aos 14 anos. A vontade de fazer jornalismo começou aos 12 anos, e nada melhor do que unir duas paixões.