PSG de olho em “renegados” de Manchester

O início da temporada europeia trouxe consigo várias mudanças em diversos times. Comissões técnicas, jogadores, presidentes. Enfim, diferentes cargos sofreram alterações. Com a mudança de técnico, alguns jogadores foram praticamente descartados de seus elencos. Este foi o caso de Bastian Schweinsteiger, do Manchester United, e Yaya Touré, do Manchester City.

O volante alemão segue completamente afastado por José Mourinho do elenco principal. O jogador não só está treinando com o time sub-23 do clube, mas também foi cortado da lista de jogadores participantes da Liga Europa. Mesmo tendo sido inscrito no Campeonato Inglês, não atuou sequer uma vez na temporada. Schweinsteiger chegou a ser especulado em equipes com Milan, Inter de Milão e PSG durante a janela de transferências, mas não houve acordo.

Já a situação do volante marfinense, vai além dos gramados. Desde que Pep Guardiola assumiu o comando dos Citizens, Touré atuou apenas em uma oportunidade, nos playoffs da Liga dos Campeões. O jogador também não está entre os nomes que defendem a equipe inglesa na Liga dos Campeões. Ambos não têm uma relação muito boa, e isto já vem de longa data. Quando Guardiola tornou-se técnico do Barcelona, em 2010, Touré ainda era jogador do clube catalão. Porém, o comandante espanhol dispensou o jogador marfinense, que se transferiu para o City. Se o elo entre eles já não era dos melhores, a situação ficou ainda pior nas últimas semanas. Revoltado com o cenário de Touré, o agente do marfinense, Dimitri Seluk, criticou veemente Guardiola, e ambos os lados deram declarações contra o outro. Até mesmo Mory Touré, pai do jogador, se envolveu no “conflito”, pedindo ao comandante que deixasse o filho jogar.

Como Schweinsteiger, 32 anos, e Yaya Touré, 33 anos, estão praticamente “esquecidos” em suas equipes, as diretorias de seus respectivos clubes não dificultarão qualquer negociação. Neste contexto, surgem equipes interessadas. De acordo com o jornal inglês Daily Star, o PSG estaria planejando ofertas pelos volantes em janeiro, quando a janela de transferências se reabrir em janeiro. O jornal ainda afirma que o City já teria aceitado uma oferta de 1,5 milhões de libras (aproximadamente R$6 milhões). A proposta pelo jogador alemão também seria em torno do mesmo valor.

O único fator que poderia dificultar as transferências seria o salário dos jogadores, considerado alto. Touré recebe semanalmente 230 mil libras (R$968 mil), enquanto Schweinsteiger fatura 180 mil libras (R$758 mil) por semana.

Guilherme Papa
Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados

Topo