Campeonato Paranaense

Nesta sexta-feira (26), aconteceu uma reunião através de videoconferência entre os representantes das oito equipes classificadas para a fase mata-mata do Campeonato Paranaense 2020 e do presidente da Federação Paranaense de Futebol – FPF, Hélio Pereira Cury. Sob o mesmo ponto de vista,  também foram tratados os protocolos a serem seguidos.

O encontro virtual aconteceu com o propósito de discutir prováveis datas para o retorno do estadual. Entretanto, a definição é que o Campeonato Paranaense reiniciará até o dia 15 de julho. Ainda mais, que CBF e FIFA divulgaram seu cronograma de retorno e início de competições nacionais e internacionais. 

Brasileirão vem aí

Na tarde de ontem (25), a CBF projetou que o Campeonato Brasileiro retornará  nos dias 08 e 09 de agosto, juntamente com as Séries A e B. Bem como a FIFA confirmou para setembro o início das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. O presidente do Futebol Clube Cascavel, Valdinei Silva afirmou que a decisão foi tomada em consenso entre todos os envolvidos na competição estadual.

Em consenso entre os clubes e Federação Paranaense de Futebol, entendemos que o dia 15 de julho é a data ideal para o retorno da competição. Agora vamos iniciar os preparativos para essa retomada do Estadual, assim como negociar com os órgãos de saúde competentes, para que seja possível ver a bola rolar novamente”.

Na tela da DAZN

O mandatário da Serpente Aurinegra também comentou sobre os jogos serão transmitidos pela plataforma de streaming DAZN. Ou seja, uma nova opção para os torcedores não perderem nada.

“Já convoco toda a torcida da Serpente Aurinegra para torcer pelo FC Cascavel. Teremos jogos importantes, talvez os mais importantes da história do clube. Já que uma vitória contra o Rio Branco garante uma vaga inédita para a Copa do Brasil de 2021”.

O retorno do Estadual terá todas as partidas realizadas sem a presença de público, com acesso restrito ao campo de jogo e vestiários limitados aos funcionários. Bem como atletas das duas equipes e respectivas comissões técnicas, além de equipe de arbitragem, delegados da partida e supervisor FPF.

Foto: Divulgação/Coritiba

 

Redação FNV

Artigos Relacionados