Neste sábado (11), sete jogos aconteceram na 12ª rodada do Apertura Uruguaio 2019. Superclássico.

Apertura Uruguaio 2019 – 12ª rodada

Progreso 3 x 0 Fénix

A sensação do Campeonato Uruguaio de 2018 enfrentou a de 2019. Porém, quem jogou em casa se deu melhor. Assim, a primeira chance que os donos da casa chegaram ao ataque venceram a defesa. Logo aos cinco minutos, foi Mathías Riquero abriu o placar. Ele recebeu um cruzamento rasteiro de Agustín González, que havia avançado pela faixa esquerda. O Progreso não pararia por aí: queria mais. Com isso, 15 minutos mais tarde, os anfitriões foram novamente ao ataque. Desta vez com González, desta vez, efetuou um cruzamento para Rodrigo Viega. Contudo, o atacante não conseguiu finalizar bem e mandou a bola por cima da barra transversal.

No entanto, a segunda metade começou como a primeira. Pela segunda vez, cinco minutos de complemento, o Progreso marcou novamente. Entretanto, agora graças a Gustavo Alles. O atacante pegou o cruzamento rasteiro e sem dominá-lo, colocou a bola no primeiro poste do goleiro, que se jogou, mas não chegou na bola. E as coisas não melhorariam para o Fénix. Aos 76′, o terceiro gol do Gaúcho saiu de forma semelhante ao segundo. Depois de uma jogada pela direita e após mais um cruzamento baixo, Rodrigo Viega atirou sem domínio também e estufou a rede.

Montevideo Wanderers 0 x 3 Boston River

O jogo começou com o Wanderers pegando a bola e dominando o controle do jogo. Mas sem pressionar na área rival ou oferecer risco aos visitantes. O Boston River aguardou bem o seu momento para quebrar a paridade e esperou o momento certo de atacar. Assim, aos 14′, numa infiltração de Maximiliano Perez, Diego Gurri entrou na área e deu a primeira alegria aos visitantes em Viera. Mas se isso não fosse suficiente recompensa para o técnico Gaston Machado, aos 23′, uma cobrança de escanteio bem executada encontrou a cabeça de Maximiliano Pérez para o fundo da rede e colocar o 2 x 0 que foi a primeira etapa.

E os Boêmios não encontraram maneiras de incomodar Gonzalo Falcón e a visita teve o cuidado de tomar qualquer descuido de colocar o terceiro que trancaria o jogo. O mesmo chegou aos 67′, quando novamente Maximiliano Perez fez um chute que o goleiro De Arruabarrena não pegou: fim de jogo.

https://twitter.com/bostonriver/status/1127340850458038272

Defensor Sporting 1 x 1 River Plate

Num duelo de equipes que buscam melhorar seus pontos e sair das últimas posições, nada de vencedores. Na tarde fria de Franzini, o Defensor Sporting e o River Plate somaram um ponto cada. Desta forma, na primeira etapa, mesmo com poucas chegadas de ambos os lados, o Violeta teve a chance de abrir a conta aos 32 minutos, através de Pablo López, mas seu chute foi contido pelo goleiro riverplatense. Mas foram os visitantes que assumiram a liderança no placar com um gol convertido por Píriz aos 10 minutos do complemento. Porém, 10 minutos depois, os Violetas conseguiram empatar o jogo por meio de Gastón Álvarez, que acabou empurrando a bola para o fundo da rede depois de um rebote dentro da área.

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados