De virada e com dois a menos, Progreso bate Defensor

- O triunfo histórico sacramentou a vaga do Progreso na próxima Copa Libertadores
Progreso

Localizado em Montevidéu, o Estádio Luis Franzini recebeu o duelo entre Defensor Sporting e Progreso pela última rodada do Clausura Uruguaio. Sem dúvida, a partida interessava muito aos visitantes, que entraram em campo com chances de título. Por outro lado os donos da casa buscavam a vaga na próxima Copa Sul-Americana. Mas não contavam com a astúcia dos Gauchos. Mesmo com dois homens a menos, o Progreso venceu de virada por 4 x 3. O triunfo não lhes garantiu a taça, mas confirmou a equipe na próxima Copa Libertadores.

1º TEMPO

Mesmo longe de sus hinchas, Los Gauchos dominaram as primeiras ações do jogo. Desse modo, conseguiram chegar rapidamente ao arco adversário, mas sem sucesso. Surpreendentemente, no lance que precedeu a chegada do Progreso, a equipe da casa conseguiu encaixar um contragolpe mortal. Luciano Boggio atravessou a cancha como uma flecha, e serviu Ignacio Laquintana para abrir a contagem no Franzini aos 5′. A saber, os visitantes sentiram muito o gol precoce, e não conseguiam sair de seu campo defensivo.

Além disso, a equipe também se destacou pelo número de cartões amarelos recebidos. Foram quatro tarjetas em menos de 30′. Até que nos acréscimos, o árbitro resolveu mudar a cor do cartão e mostrou o vermelho. Só que dessa vez o “avermelhado” foi um atleta do Defensor, o camisa 15 Álvaro González. Deixando os Violetas com um homem a menos. 

2º TEMPO

Conforme, a desvantagem no placar, o Progreso voltou do vestiário com o sangue nos olhos. Prova disso, foi o jogador Emanuel Gularte, que com menos de 2′ da etapa final, recebeu cartão vermelho e partiu mais cedo para o chuveiro. Por certo, ambos os times ficaram com apenas 10 atletas em campo, mas a intensidade não caiu. O duelo ficou dinâmico com boas chegadas para os dois lados. Entretanto, os Violetas capitalizaram uma dessas chances. Alan Rodríguez ampliou após assistência de Laquintana.

Tudo corria bem para o Defensor. Enquanto isso, tudo desmoronava no lado do Progreso. Surpreendentemente, o panorama mudou totalmente. Em menos de 1′, os Gauchos del Pantanoso marcaram duas vezes e deixaram o placar em 2 x 2. O primeiro gol veio com a ajuda de Jonathan Gonzalez, que mandou contra o seu patrimônio. No lance seguinte, Gustavo Alles subiu alto e conferiu de cabeça. Por certo, os dois gols em sequência foram um balde de água fria nos jogadores do Defensor Sporting. Fruto dessa perda de estabilidade, foi pênalti cometido em Agustín Gonzalez. O mesmo cobrou e sacramentou a virada, 3 x 2 Progreso. Já no apagar das luzes, Alles recebeu cartão vermelho. Possuindo apenas nove em campo, os Gauchos seguiram no ataque e fecharam o caixão com o gol de Rodrigo Viega, 4 x 2 placar final.

E AGORA?

De acordo com essa vitória épica, a equipe do Progreso terminou sua participação na 3ª posição do Clausura. Além disso, os Gauchos del Pantanoso também confirmaram a inédita classificação para a próxima Libertadores. Por outro lado, o Defensor Sporting acabou na 9ª colocação e sequer alcançou uma vaga na Copa Sul-Americana.

Foto destaque: FocoUy/Federico Gutiérez

BetWarrior


Poliesportiva


Luciano Massi
Luciano Massi
Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

    Artigos Relacionados

    Topo