Ponte e Corinthians finalizam acordo por Ivan. (Foto destaque: Divulgação/Álvaro Jr./PontePress)

Primordialmente, Ivan, goleiro da Ponte Preta, está sendo analisado pelo Corinthians. Assim, Marco Antônio Eberlin, presidente da Macaca, falou em entrevista coletiva, na última segunda-feira (10), sobre o interesse do Timão. De maneira que, de acordo com o dirigente, o clube do Parque São Jorge ainda não fez nenhuma proposta oficial pelo atleta. No entanto, reconheceu que “possivelmente o atleta pode sair”.

Bem como, Eberlin também assumiu que a Ponte não irá lucrar com uma possível venda do goleiro, por conta de empréstimos feitos nas gestões passadas, que deram o passe do jogador como garantia nos valores que estão em cerca de R$ 10 e R$ 12 milhões. Assim como, certamente em uma possível venda, o arqueiro vai fazer falta ao time. Confira, as defesas:

“Dificilmente vamos obter qualquer lucro financeiro com a venda do Ivan. O Ivan, apesar dos direitos pertencerem à Ponte, a Ponte fez mútuos tendo como garantia a venda do Ivan. E esses mútuos não foram pequenos. É algo na ordem de R$ 10 milhões, R$ 12 milhões. Então dificilmente vai aferir algum valor com a venda dele, e muito menos tem controle da saída” afirmou Eberlin.

Nesse sentido, o presidente também pontuou que, diante da categoria do atleta e da procura que existe, Ivan possivelmente pode sair. Em contrapartida, até a tarde da segunda-feira (10), não foi procurado pela diretoria do Corinthians.

Presidente da Ponte fala sobre situação de Ivan, alvo do Corinthians

Logo, aos 24 anos, Ivan tem contrato com a Ponte Preta até abril de 2023. A Macaca detém 100% dos direitos econômicos do goleiro, mas os valores estão comprometidos devido a empréstimos anteriores que o clube pegou.

De uma maneira simples, seria como se Ivan fosse um “cheque especial” da Ponte. A saber, seus representantes são a Elenko Sports, do empresário Fernando Garcia, que possui bom relacionamento com o Corinthians. Do mesmo modo, a contratação do arqueiro é vista com bons olhos pela diretoria e comissão técnica do Timão, pelo futebolista poder ser uma sombra ao Cássio. Afinal, o reserva imediato, Matheus Donelli, possui apenas 19 anos e não teria a “casca” de um goleiro experiente para substituir o camisa 12.

Afinal, sem assumir publicamente, o Corinthians buscou informações sobre o goleiro e as conversas seguem em andamento com os seus agentes. Outro ponto que o Timão avalia junto do seu setor jurídico, é de que, em caso da compra do arqueiro, o clube poderia assumir alguma dívida devido aos imbróglios da Ponte.

Foto destaque: Divulgação/Álvaro Jr./PontePress

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário