Premier League: estádios devem ter público já em setembro (Foto: Divulgação/Liverpool FC)

Com negociações avançadas entre governo e liga, a Premier League deverá começar a próxima temporada com a presença de público no estádios. A previsão é que o ciclo 2020/21 do futebol inglês tenha início no mês de setembro.

Segundo o “Daily Mail”, para a volta do público aos estádios da Premier League, o governo e a liga estabelecerão uma série de medidas e protocolos a serem realizados para total segurança e preservação da saúde. Inicialmente, as partidas devem ser disputadas com abertura parcial às torcidas, com a capacidade a ser definida.

Assim, caso o governo autorize a abertura dos estádios, caberá à Premier League e aos clubes estabelecerem um plano para o retorno. Para isso surgem algumas preocupações como a distribuição e venda correta de ingressos, checagem do estado de saúde dos torcedores e se pessoas com cadeira cativa aceitariam sentar em lugares que não os habituais.

Além disso, a chegada do público ao estádio pode ser realizada de forma diferente. Horários específicos devem ser marcados para evitar aglomerações nas entradas. Nas arquibancadas, os torcedores terão que ficar distanciados uns dos outros.

Anteriormente, a EFL (English Football League), responsável por gerir campeonatos de divisões inferiores na Inglaterra, chegou a sugerir que fossem feitos testes nos jogos que não fizessem parte da luta por acesso ou rebaixamento, na última rodada. Entretanto, o pouco tempo para planejamento e o fato de vários clubes estarem envolvidos nas disputas, não permitiu que a medida fosse testada.

Na atual temporada, chegou-se a ser cogitado o encerramento da Premier League por conta do novo coronavírus. Contudo, a ideia foi reprovada pelos clubes, que quiserem retornar às atividades assim como as outras grandes ligas europeias.

Foto Destaque: Divulgação/Liverpool FC

Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Artigos Relacionados