Premier League agora na Coreia do Norte

- Os clubes mais apoiados no país são Liverpool e Manchester United
Premier League

A Premier League já pode ser transmitida legalmente em quase todos os países do mundo atualmente. No entanto, na Coreia do Norte ainda havia um impasse, mas que agora já está totalmente liberado. Sendo assim, alguns times já vem ganhando seus fãs por lá, contudo, os principais são Liverpool e Manchester United. 

De certa forma, para mostrar tamanho proporção que as equipes tomara, os últimos cinco jogos transmitidos foram: Liverpool x Man United, Man United x Norwich, Man City x Everton, Liverpool x Wolves e Man City x Man United, de acordo com o pesquisador que monitora a TV norte-coreana, Martyn Williams.

“Antes da pausa no futebol, os jogos eram mostrados na maioria dos dias da semana. Geralmente quatro ou cinco vezes por semana. Cada jogo é editado em um programa que dura aproximadamente uma hora com comentários coreanos”.

Contudo, essa medida de permissão da Premier League no país, pode ser uma porta de entrada, pois para Williams o Campeonato Inglês é provavelmente o único conteúdo estrangeiro na Coreia do Norte, no momento. “Eles não têm exposição ao mundo exterior e, quando o fazem, são curtos clipes de notícias que cobrem apenas a morte e o desastre no exterior”

Além da Premier League, outros campeonatos já fazem parte da grade como: Champions League, Série A TIM, Bundesliga e Ligue 1. Mesmo sendo uma nação totalmente sem visão do mundo exterior, o telespectador que tem um pouco mais de intelecto consegue ter uma noção do que está acontecendo nos outros países.

https://twitter.com/premierleague/status/1283376265160884227

OUTROS ESPORTES, ALÉM DA PREMIER LEAGUE E DO FUTEBOL

O líder comunista, Kim Jong-um se diz fã dos esportes, e em especial o basquete. Sendo assim, ele considera o astro da NBA, Dennis Rodman, seu grande amigo. No entanto, em 2015 foi prometido fazer da Coréia do Norte uma potência esportiva, mas até agora não vimos isso.

Apesar de transmitir o basquete, não se tinha muita noção dos detalhes, era muito difícil de acompanhar seu time, igual fazemos por aqui. “As transmissões não incluem tabelas de classificação e não há notícias adicionais; portanto, seria difícil acompanhar a liga em detalhes com base na transmissão da KCTV”, explica Martyn Williams

Sendo assim, existem meios de comunicação que transmitem programas esportivos pelo menos duas vezes por semana. mas é impossível acompanhar com todos os detalhes, vendo que os esportes internacionais nunca foram um ponto forte do país. E também não se sabe se o regime de Kim tem direitos de imagem.

“Duvido que a TV Central coreana tenha pago pelos direitos, mas isso não significa que eles não receberam os direitos por nenhum dinheiro. Para alguns esportes, os direitos são vendidos às emissoras sul-coreanas de toda a península coreana e o proprietário sul-coreano permite que a TV norte-coreana transmita. Foi o que aconteceu com as Olimpíadas nos últimos anos”, conclui Martyn Williams. 

Foto destaque: reprodução/ Huffington Post UK

Ivan Garcia
Ivan Garcia
Me chamo Ivan Garcia. Tenho 19 anos, sou estudante do 5º semestre de jornalismo na Faculdade Paulus de Tecnologia e comunicação - FAPCOM. Fanático por todos os esportes, o futebol é algo que sempre esteve comigo, e desde criança sonhava em fazer parte do ramo esportivo. Acredito que não existe emoção maior que não seja no esporte, você fica feliz e triste em questão de minutos, e é isso que me faz gostar cada vez mais.

Artigos Relacionados

Topo