Preciso e essencial

Torcedor é um bicho tendencioso. Veja só, muitos disseram que o nosso futebol desceria ladeira abaixo após o 7 a 1. Não que os campeonatos nacionais navegaram sob mar de rosas em 2015, mas é nítido que já acompanhamos competições “piores”. Sustentamos uma mística de maus presságios. Tomemos o brasileirão como exemplo, no começo disseram que a queda técnica seria um horror. Mas será que o nível quedou tanto assim? O campeão Corinthians demonstrou um coletivo muito bem treinado. Zeloso pelo estilo de jogo proposto por Tite. Houve uma briga acirrada pela quarta vaga na tabela. Isto porque tivemos um Atlético Mineiro e um Grêmio muito bem alinhados. A tal da vaga ficou sob os cuidados de um São Paulo que, apesar de apanhar feio, soube se levantar de todas as quedas no decorrer do ano.

A Copa do Brasil teve decisão histórica. Pela primeira vez foi travada por dois clubes paulistas. Peixes e Porcos protagonizaram um embate de encher os olhos. Melhor para o Verdão, que fez bom uso de sua arena para meter a mão na taça. O problema é que depois da Copa do Mundo, sentindo a dor da derrota humilhante, mensuraram um desastre irreparável. Mas a vida continuou, o árbitro apitou e a bola tão somente rolou! Não, não estamos nem próximos de um futebol dinâmico e sanado dos próprios males. Ainda existe um abismo entre a necessidade e a realidade. Não se tapa o sol com a peneira e nem se pranteia sobre o leite derramado.

Marco Polo compareceu na CPI do futebol para prestar esclarecimentos. E por mais anuviadas que foram suas explicações, uma verdade foi dita pelo presidente licenciado: não se pode tratar a situação como terra arrasada. É fato que não. E justamente por isso que não vemos nosso mais estimado esporte nocauteado nos gramados. O que nosso querido Nero não pode se esquecer é que a terra foi arrasada “administrativamente”. Que a sua renúncia é imperativa e que o nosso futuro futebolístico não pode estar cativo nas garras de fugitivos, condenados e alvos de CPI.

Melhorar é preciso… expelir o que trava essa melhora é essencial.

Douglas Molgado

Sobre Douglas Molgado

Douglas Molgado já escreveu 40 posts nesse site..

Douglas Molgado Affonso. 1989. FIAM-FAAM. Twitter: @douglasmolgado)

BetWarrior


Poliesportiva


Douglas Molgado
Douglas Molgado
Douglas Molgado Affonso. 1989. FIAM-FAAM. Twitter: @douglasmolgado)

    Artigos Relacionados

    Topo