Portuguesa e Fluminense pela semifinal do Carioca

Neste domingo (2), a Portuguesa e o Fluminense empataram em 1 x 1 na primeira partida da semifinal da Taça Guanabara. Assim, os gols do jogo foram marcados por Chay e Abel Hernández para o Flu. Além disso, os dois tentos foram de pênaltis e com auxilio do VAR. Assim, o time das Laranjeiras foi com o elenco reserva e garantiu vantagem para o próximo domingo para avançar à final do Carioca.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE PORTUGUESA X FLUMINENSE

1º TEMPO: VAR EM AÇÃO E BLITZ DO FLU

O primeiro tempo começou com blitz do Flu. Assim, aos 5′, Egídio cruzou na medida, Ganso cabeceou, e Neguete fez a defesa. A sobra ficou com Samuel Xavier, que invadiu a área e chutou rente ao travessão. Logo após, depois  de escanteio da Portuguesa, bola foi desviada de cabeça, bateu na mão do camisa 10 na área e saiu. O árbitro analisou no VAR e marcou pênalti. Seguindo, Chay arrematou com categoria, deslocou Marcos Felipe e abriu o placar no Luso-Brasileiro.

Aos 19′, Gabriel Teixeira encontrou Abel livre na área, mas o uruguaio demorou a chutar, tentou a cavadinha, e Neguete abafou a finalização. Chance perdida do Fluminense. Posteriormente, no minuto 40′, em rápido contra-ataque, Romarinho recebeu um bolão de Cafu, invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou rente ao travessão.
Além disso, nos acréscimos o Flu perdeu três chances claras na mesma jogada. Abel pegou livre, tentou passar, mas o goleiro desviou. A bola sobrou para Ganso, que tabelou com Gabriel e finalizou. Watson salvou de cabeça quase na linha do gol. Em seguida, Gabriel cruzou para Abel que, livre, cabeceou por cima da meta.

2º TEMPO: VAR DENOVO E EQUIPES QUERENDO O GOL

A segunda etapa iniciou com a Portuguesa levando perigo. Assim, aos 1′, Wellington Cézar avançou com liberdade, mas chutou fraco para fácil defesa de Marcos Felipe. Seguindo, Chay roubou a bola de Matheus Ferraz, invadiu a área e arrematou cruzado para defesa de Marcos Felipe. Ele foi fominha no lance. Dois jogadores da Portuguesa estavam livres na área, mas ele preferiu o chute. Em seguida, Ganso cabeceou na mão de Diego Guerra, o juiz consultou o VAR e marcou pênalti.

Na sequência, o uruguaio cobrou forte, no lado oposto do goleiro, e empatou o jogo. Logo após, em cobrança de falta na entrada da área, Cafu bateu, a bola desviou em Samuel Xavier e quase enganou Marcos Felipe. O goleiro estava batido, mas a bola foi para fora.

Seguindo, aos 46′, jogada de Douglas Eskilo pela direita. Ele cruzou na medida para área, e Mauro Silva acertou um belo chute sem deixar a bola cair no gramado. O arqueiro fez linda defesa. Por fim, Caio Paulista entrou na área e soltou a bomba. Neguete defendeu. Na sobra, Bobadilla girou e finalizou para fora, rente à trave.

PORTUGUESA X FLUMINENSE – E AGORA?

Com o resultado a Portuguesa vai tentar a vaga na final no Maracanã no próximo domingo. Enquanto isso, o Fluminense leva a vantagem do empate para chegar na decisão do torneio. Contudo, o Flu joga contra o Junior pela Libertadores, fora de casa.

Foto Destaque: Reprodução/ André Durão

Avatar
Nicollas Almeida
Escolhi o jornalismo porque queria contar histórias, participará dela também. Já estagiei na assessoria de imprensa de um órgão do governo do Rio de Janeiro. Fiz trabalhos voluntários no meio religioso e político, participei de um programa de debate na rádio na faculdade.

Deixe uma resposta