Portuguesa: das glórias ao fundo do poço

Grande Portuguesa de Desportos que está mergulhada na imensa crise causada pela ganância de seus antigos dirigentes. Pessoas que não tiveram a maior importância de tomar cuidado com a gloriosa história da “Lusa”. Infelizmente o clube originado por descendentes portugueses foi vítima de armações contra ela.

A Portuguesa levava seus torcedores das décadas de 50, de 70 e de 90, à emoção. Em 1952 e 1955, os lusitanos foram campeões do torneio mais importante da época: O Rio-São Paulo. O título paulista dividido com o Santos, em 1973, até hoje é motivo de raiva para os rubro-verdes, pois, naquele ano, o juiz da partida simplesmente errou na contagem dos pênaltis na decisão, sem contar que durante o tempo regular o atacante da Lusa marcou um gol legítimo anulado erroneamente pela arbitragem. Ah, os erros de arbitragem que rondaram a Portuguesa durante tanto tempo.

Outro momento que ficou tatuado no peito de muitos fãs lusitanos foi o vice-campeonato brasileiro em 1996. Sendo superado pelos gaúchos do Grêmio. Ali foi o ápice do Rubro-verde paulistano. A Portuguesa voltou a ser campeã de um torneio importante em 2011, quando venceu a Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois de tantas glórias e ser famosa por complicar os jogos contra seus rivais (São Paulo, Corinthians, Palmeiras e Santos) veio a armação de 2013. Naquele ano o famoso “tapetão” envolvendo, junto à Lusa, o Fluminense e o Flamengo, arruinou o clube paulista o rebaixando à segunda divisão do Brasileirão. A partir desse esquema a Portuguesa mergulhou numa crise profunda. Em 2014 ficou em último colocado na Série B, indo à Série C no ano seguinte. Novamente mais um descenso: a caída para a segunda divisão do campeonato paulista.

Já com toda sua diretoria trocada pensava-se que o orgulho e a tradição lusitana seria recuperada, porém neste ano, 2016, o fundo do poço foi o destino da Associação Portuguesa de Desportos. O rebaixamento à quarta divisão do futebol nacional foi motivo das lágrimas de tristeza de muitos torcedores esperançosos pela recuperação.

Agora resta à Lusa refazer todo o seu planejamento, trocar os remos de seu barco, e visar a elite do futebol nacional. Lugar que sempre foi dela e que foi desapropriado pela má índole de pessoas insensíveis com a essência emocionante do futebol. Volte logo. A Série A sem você não é mesma.

Leonardo José

Sobre Leonardo José

Leonardo José já escreveu 382 posts nesse site..

Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

BetWarrior


Poliesportiva


Leonardo José
Leonardo José
Sou o Leonardo José, jovem alagoano, estudante de jornalismo e esquerdista, sim. O esporte, a filosofia e a sociologia correm em minhas veias simultaneamente. Louco pelo futebol latino. Prefiro Libertadores à Champions League. No Brasil, clássicos como CSA x CRB, Sampaio Corrêa x Moto Club e ABC x América-RN são bem mais emocionantes que Flamengo x Vasco, Cruzeiro x Atlético-MG e Corinthians x Palmeiras. Para você, leitor, não se cansar lendo minha biografia, finalizo dizendo que "todos os detalhes e os bastidores da vida precisam ser olhados com atenção".Twitter: @leo_silva997

Artigos Relacionados

Topo