Portugal x França: time de Zidane supera a seleção do jovem Cristiano Ronaldo

- Em um confronto bem equilibrado, Zizou decide e os Bleus rumaram para a final
França

A Coluna Marcas da Copa falará sobre o confronto entre Portugal e França, válido pela semifinal da Copa do Mundo de 2006. O craque Cristiano Ronaldo já atuava pela Seleção Portuguesa, mas os holofotes estavam virados para Zinedine Zidane. Zizou estava fazendo uma boa Copa, com destaque para a grande atuação contra o Brasil nas quartas de finais. Por outro lado, a Seleção das Quinas vinha de duas grandes eliminações, passando por cima de Holanda e Inglaterra, fazendo uma grande competição, liderada pelo atual campeão do Mundo na época, Luiz Felipe Scolari.

AS EQUIPES

PORTUGAL

O esquadrão de Felipão estava fazendo grande Copa do Mundo. Em cinco jogos, o time venceu quatro jogos e empatou um. Além de invicto, haviam levado apenas um gol, que foi contra o México, na fase de grupos. Portugal tinha uma grande defesa, entretanto o setor que mais se destacava era o ataque. Com Deco em grande fase, Cristiano Ronaldo em uma grande crescente e com o craque Figo, a Seleção das Quinas preocupava os adversários.

Portugal
Reprodução/DiLetra

FRANÇA

Primeiramente, é necessário ressaltar a grande Copa do Mundo que toda a equipe estava fazendo, com destaque para Thierry Henry e Zinedine Zidane. O grupo apresentava um futebol leve e vistoso. Além disso, a defesa era muito cirúrgica e dificilmente deixava a desejar, tanto é que tinha levado apenas dois gols até o momento. Com três vitórias e dois empates em cinco jogos, a França vinha forte para o duelo.

09/07/2006 - Itália 1 x 1 França - Três Pontos
Reprodução/Três Pontos

A BOLA ROLA…

1º TEMPO

A primeira etapa começou como se era esperado: com as duas equipes buscando o gol. Portugal estava chegando mais ao ataque, mas a França sempre que chegava assustava. Cristiano Ronaldo estava buscando o jogo o tempo todo, enquanto Zinedine Zidane apenas esperava a hora certa de “dar o bote“. Henry aplicou um drible em Ricardo Carvalho e foi derrubado dentro da área. Portando, os Bleus tinham a chance de abrir o placar.

Um pênalti em uma semifinal pode fazer qualquer perna tremer, mas a de Zidane não. O craque bateu com muita confiança no canto inferior direito. Como foi dito anteriormente, Zizou é aquele tipo de jogador que espera a hora certa de atacar, e não perde a chance de sair na frente. A Seleção Francesa fez o gol aos 33′ e manteve o placar até o intervalo.

2ºTEMPO

A França decidiu aderir uma postura mais defensiva, em que a equipe buscaria os contra-ataques para “matar a partida“. No início da segunda etapa, Henry aproveitou um passe errado de Figo e arrancou, ganhou de Ricardo Carvalho no “mano a mano” e finalizou. Entretanto, mesmo de forma esquisita, Ricardo jogou para escanteio.

O tempo ia passando, e Portugal precisava de um gol para não ser eliminada. Aos 32′, após falta venenosa cobrada por Cristiano Ronaldo, Barthez não conseguiu segurar, e a bola foi na cabeça de Figo, que não aproveitou. O plantel de Felipão pressionou bastante no final. O goleiro chegou a até ir para o ataque. Entretanto, os Bleus conseguiram segurar a vantagem. Portanto, com o placar de 1 x 0, a França se classificou para a grande final da Copa do Mundo de 2006.

Foto Destaque: Reproducão/Twitter/Futmais

Leonardo Pinheiro

Sobre Leonardo Pinheiro

Leonardo Pinheiro de Oliveira já escreveu 120 posts nesse site..

Escolhi jornalismo porque para mim é prazeroso informar as pessoas, e além disso, a paixão pelo futebol me encorajou a seguir essa carreira. Meu principalmente objetivo na profissão é trabalhar com esportes, principalmente o futebol.

BetWarrior


Poliesportiva


Leonardo Pinheiro
Leonardo Pinheiro
Escolhi jornalismo porque para mim é prazeroso informar as pessoas, e além disso, a paixão pelo futebol me encorajou a seguir essa carreira. Meu principalmente objetivo na profissão é trabalhar com esportes, principalmente o futebol.

    Artigos Relacionados

    Topo