Por que Garrincha nunca jogou no futebol europeu?
A história de Mané Garrincha com o futebol europeu, em especial com a Itália, começou logo após a Copa do Mundo de 1962, quando o “anjo das pernas tortas” foi o principal nome do título mundial brasileiro.
O brasileiro Paulo Lima Amaral, então técnico da Juventus, procurou os dirigentes botafoguense, em 1963, para tentar a contratação de Garrincha. Ele tinha o total apoio de Umberto Agnelli, presidente do clube e dono da Fiat, que estava disposto a pagar valores altos ao Botafogo.
Porém, segundo o próprio Garrincha, o valor pedido pelo Botafogo era “impossível” para os italianos, que logo desistiram da contratação:
“Eu tive uma proposta muito boa da Itália. Naquela época, eles pagariam ao Botafogo 700 mil dólares e eu ganharia 150 mil, mais carro e casa. Eu não tive a sorte de ir, pois o Botafogo pediu 1 bilhão de dólares e esse valor não poderia sair da Itália. Então tive que me conformar”. (Mané Garrincha, em entrevista ao programa VOX POPULI, da TV Cultura – 1978)
A “quase” nova oportunidade
Os anos se passaram e Garrincha deixou o Botafogo. Quando já estava com 36 anos e com sérios problemas no joelho, ele acompanhou a sua esposa, a cantora Elza Soares, em uma turnê pela Itália pouco depois de deixar o Flamengo. Na oportunidade, ele chegou a treinar na Lazio, mas os dirigentes do clube não demostraram nenhum interesse em contar com o craque.
Garrincha ainda ficou um tempo na Europa e chegou a treinar no Red Star 93, da França, mas, assim como no clube italiano, não passou disso. Já em 1972, após dois anos fora dos gramados, encerrou a carreira no Olaria, sem nunca ter realizado o sonho de ter jogado oficialmente por clube da Europa.
Jonathan Silva
Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.
Você está aqui
Futebol Na Veia > Futebol pelo Mundo > Por que Garrincha nunca jogou no futebol europeu?

Artigos Relacionados