Ponte Preta com jogadores afastados por Covid-19. (Foto destaque: Reprodução /Instagram)

Inicialmente, a preparação da Ponte Preta para o Campeonato Paulista sofreu baixas durante a semana. Bem como, o técnico Gilson Kleina deve contar em breve com os nove jogadores que testaram positivo para Covid-19.

De maneira que, foram diagnosticados com o coronavírus: o goleiro Ygor Vinhas, os zagueiros Dedé, Fabrício e Léo Santos, o lateral-esquerdo Jean Carlos. Bem como, os volantes Marcos Júnior e André Luis e o meia Wesley – além do goleiro Ivan, que realizou o PCR na Ponte antes de ser liberado para avaliações clínicas no Corinthians.

Segundo o comunicado do clube, metade dos infectados está assintomática e os demais apresentam sintomas leves, como coriza, tosse e dor de garganta. Por exemplo, o zagueiro Dedé, postou nas redes sociais exercícios de equilíbrio e reflexo durante o período de isolamento. Assim como, os protocolos mudaram em relação ao ano passado. Contudo, antes, a quarentena obrigatória para casos assintomáticos era de dez dias e são apenas cinco dias.

Nesse sentido, para quem apresentar um quadro sintomático de Covid, o período de isolamento recomendado sobe de cinco para sete dias. No ano passado, para efeito de comparação, os dez dias passariam a ser 14.

Porém, para o retorno acontecer, é preciso mais do que os dias indicados de isolamento: teste PCR negativo. Ainda mais, a tendência é que os jogadores comecem a voltar a partir de segunda-feira (17), mas cada caso depende da evolução individual e também dos resultados dos exames.

Ponte Preta

Todavia, a expectativa é que os afastados não tenham grande prejuízo físico de olho no início do Paulistão. No entanto,  o surto de Covid-19 no clube afetou a programação. Ou seja, o clube teve que suspender o começo da pré-temporada em Itu, previsto para a última quarta (12).

De maneira que, a Ponte vai receber os resultados da nova bateria de exames de Covid nesta sexta (14), quando vai definir se irá em uma nova data para Itu ou cancelará de vez a viagem.

Por fim, a estreia da Macaca no Paulistão está marcada para o dia 26 de janeiro (quarta-feira), contra o Palmeiras, fora de casa.

Foto destaque: Reprodução /Instagram

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário