Ponte Preta x Iranduba

Neste domingo (21), no Benedito Teixeira, a Ponte Preta Brasileiro Feminino. Visando sair do Z4, as donas da casa venceram a partida por 3 x 2 e chegaram a 11 pontos, subindo para o 12º lugar. Dessa forma, o Hulk, que alimentava esperanças de entrar no G8, chegou a seis jogos sem vitória e agora está a apenas um ponto da zona de rebaixamento.

1º TEMPO

Precisando vencer, a Ponte Preta buscou pressionar as adversárias. Logo aos oito minutos, Kah arriscou de longe e viu Quezia fazer boa defesa. Entretanto, apesar da posse de bola, a equipe da casa tinha dificuldade em criar boas jogadas. O Iranduba encaixava a marcação e buscava jogadas de contra-ataque, mas pecava no último passe. Assim, aos 24’, Mariana conseguiu deixar a Macaca na frente do placar. Então, no fim da primeira etapa, o treinador Igor Cearense mexeu no time, substituindo Danubia por Elisa. Três minutos depois, a camisa 11 pegou o rebote de cobrança de falta e igualou o placar.

2º TEMPO

Após o intervalo, o Hulk voltou melhor e equilibrou o jogo. Concentrando os ataques em jogadas pela esquerda, as visitantes viram Sinara ser derrubada na área e sofrer pênalti, aos 33’. Djeni bateu bem e marcou o segundo  gol do Iranduba. Porém, a Ponte respondeu logo em seguida. Aos 35’, Joelma, que havia saído do banco, deixou tudo igual novamente. Com o jogo caminhando para o fim, Mariana puxou contra-ataque para a Macaca e achou Juliana pela esquerda. A camisa nove bateu da entrada da grande área e acertou no ângulo de Quezia, fechando o placar.

E AGORA?

Com 11 pontos e na 12ª segunda posição, a Ponte Preta receberá o Foz Cataratas em duelo direto na briga contra o rebaixamento. A partida ocorre no próximo domingo (28), às 15h (horário de Brasília), no Benedito Teixeira. Na 11ª colocação, somando 12 pontos, o Iranduba volta a campo também no próximo domingo, contra o Internacional, às 18h (horário de Brasília), na Arena Amazônia.

Luiz Fernando
Meu nome é Luiz Fernando, tenho 19 anos e sou carioca. Descobri da melhor maneira as magias que o futebol proporciona. O gosto pela escrita e a paixão por esse esporte fantástico me despertaram o desejo de estar sempre acompanhando e falando sobre futebol.

Artigos Relacionados