Ponte Preta acerta contratação de mais um zagueiro. (Foto destaque: Divulgação/ Diego Almeida/ PontePress)

Antes de tudo, a diretoria da Ponte Preta acerta com mais um zagueiro para a próxima temporada. Do mesmo modo, Fabrício Dornellas, segue sem renovar contrato no CSA e topou acordo em definitivo junto à Macaca até o final da Série B do Campeonato Brasileiro. Em outras palavras, livre no mercado, o defensor esteve em campo pelo Azulão em 2021 em 15 oportunidades.

De maneira que, reserva na maior parte do tempo, o profissional é revelado nas categorias de base do Flamengo. Além disso, soma passagem pela Seleção Brasileira Sub-20 em 2009.

Todavia, até o momento, Gilson Kleina tem à disposição para a zaga Cleylton, Dedé, Douglas Mendes, Fábio Sanches, Gustavo Cipriano, Léo Santos e Thiago Lopes.

Apesar disso, canhoto, o jogador tem experiência e já atuou pelo Palmeiras, Cruzeiro, Athletico-PR, Vasco da Gama. Porém, Fluminense, Bragantino, Guarani e Paraná. 

Nesse ínterim, Fabrício chegou no Estádio Moisés Lucarelli no início desta semana e passou por exames. Assim também, na prática, resta apenas o anúncio oficial.

Ponte Preta acerta contratação de mais um zagueiro

Por outro lado, o clube já confirmou os zagueiros DedéLéo Santos, o lateral-esquerdo Guilherme Santos, o lateral-direito Norberto. Ainda mais, os volantes Moisés Ribeiro e Matheus Jesus, o meia Wesley e o atacante Pedro Júnior.

Portanto, o time segue se preparando para o Campeonato Paulista com estreia no dia 26 de janeiro, contra o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo.

Mercado da bola

A saber, a Macaca encontrou mais um futebolista para a próxima temporada. Ou seja, o atacante Luiz Fernando, deve ser repassado pelo Tombense, dono dos direitos econômicos, por empréstimo ao time até o término da Série B.

Bem como, aos 22 anos, o futebolista está em Campinas desde a última segunda-feira (3). Ou seja, formado pelo Figueirense, esteve em campo pela última vez com a camisa do Furacão em 2019, pelo Sub-20. Em resumo, o futebolista tem baixo custo e pode atuar pelas beiradas do campo.

Foto destaque: Divulgação / Diego Almeida / PontePress

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs