No último sábado (20), em entrevista coletiva antes da disputa entre PSG e Mônaco, Pochettino afirmou que Neymar não tem data definida para retornar ao Paris Saint-Germain. Dessa forma, o técnico não quer apressar o craque e prefere garantir que ele esteja completamente curado antes de voltar a atuar pelo Paris. 

Ainda que o jogador seja um desfalque importante para a equipe, o comandante do clube parisiense frisou que o atacante só retornará quando estiver em condições. Apesar de ter a volta prevista para o dia 10 de março, com a possibilidade de recuperação antecipada, o treinador reforçou que não vai acelerar os processos e o atleta cumprirá cada etapa. 

“A volta dele não está marcada para um jogo específico. Ele segue um programa estabelecido por nossa equipe médica. O programa será respeitado, queremos o bem-estar do jogador, que ele recupere o mais rápido possível e nas melhores condições. Ele jogará quando estiver pronto, independente dos resultados e da forma da equipe”, declarou.

Ademais, por conta da lesão, o craque ficou de fora de jogos decisivos para o time do Paris. Assim, o atleta não atuou na partida de ida das oitavas de final da Champions League, pela terceira vez em quatro anos. Apesar da ausência do camisa 10, o clube parisiense goleou o Barcelona por 4 x 1. Além disso, sua participação na disputa de volta do campeonato ainda é dúvida. Aliás, Neymar também tem desfalcado o PSG nos duelos da Ligue 1.

 

A LESÃO: POCHETTINO SEM NEYMAR

Neymar se lesionou no jogo contra o Caen, na quarta-feira (10), em disputa válida pela Copa da França. Na ocasião, o atacante era o capitão do PSG, que vencia a partida por 1 x 0. Entretanto, no segundo tempo, o craque sofreu uma entrada dura do zagueiro Steeve Yago, do time adversário. Apesar da dor, o camisa 10 ainda tentou prosseguir na partida, porém teve que se retirar. 

No dia seguinte ao jogo, quinta-feira (11), o Paris Saint-Germain confirmou a contusão do atacante. Os exames constataram que o craque havia sofrido uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda. Em suma, o jogador ficaria afastado dos campos por até quatro semanas. 

“Neymar Jr sofreu uma lesão no adutor esquerdo na noite de quarta-feira. Após a análise do exame clínico e dos exames de imagem, espera-se uma indisponibilidade de aproximadamente 4 semanas, dependendo da evolução”, declarou o PSG. 

Após a lesão, o atacante brasileiro foi alvo de muitas críticas. Constantemente, o jogador é vítima de contusões  que o impedem de atuar pelo PSG e Seleção Brasileira em momentos cruciais. Por fim, o atleta chegou até mesmo cogitar aposentadoria, caso a sucessão de acontecimentos se repita. 

 

 

Foto Destaque: Divulgação /Getty Images

 

 

Thamyres Pontes
Thamyres Pontes
Jornalista, carioca, 23 anos. Adoro ouvir histórias, conhecer novas pessoas, lugares e culturas. Dentre as minhas paixões, está o futebol. Torcedora do Flamengo e do PSG.

Deixe uma resposta