A Liga NOS chega ao 2º turno do Campeonato com uma briga boa na parte de cima da tabela e dois invictos até então. Tem duelo direto na parte de cima entre o 3º e o 4º colocado. Veja todos os detalhes da 18ª rodada que começa na sexta-feira e se encerra na segunda-feira.

18ª RODADA

12/01 – Sexta-feira

Chaves x V. Guimarães – 18h30

Abrindo o segundo turno no Campeonato Português, Desportivo de Chaves e Vitória de Guimarães jogam no Estádio Municipal de Chaves valendo a 7ª colocação da Liga Portuguesa. Luís Castro não poderá contar com Patrão por motivos físicos. Além dele, o técnico continua a não poder contar com Tiago Galvão e Filipe Melo. Outra alteração na convocatória é o regresso de Furlan, que cumpriu suspensão no último jogo e Massaia, que já não era opção desde dezembro. Já o treinador Pedro Martins, do time visitante, prevê jogo aberto e de qualidade com o Chaves, visto que ambos estão com 23 pontos e na 7ª e 8ª posição, com o time da casa na frente.

Mesmo diante da situação aparentemente parelha, os times vivem situações opostas no campeonato. Os flavienses, acima pela diferença de gols, somam já seis duelos sem perder (o último foi no final de novembro) e chegam com moral por essa sequência, especialmente pela vitória em casa sobre o Marítimo, por 2-1. Quanto ao V. Guimarães, a fase é oposta. Nos últimos cinco jogos, somou apenas 1 pontos. Veja histórico de confrontos.

Foto: Simão Freitas | Record PT

13/01 – Sábado

Paços Ferreira x Marítimo – 16h15

Dando start nos jogos de sábado, o Paços de Ferreira recebe o competente Marítimo na Capital do Móvel para tentar sair da incômoda zona de rebaixamento. O time da casa não tem mais seu treinador Petit, foi mandado embora pelos maus resultados. João Henriques, treinador do Leixões, assume o cargo, mas não deve dirigir o clube no sábado. Com a saída do treinador, o Paços torna-se uma incógnita para o técnico Daniel Ramos, do Marítimo: “Nas mudanças há sempre dúvidas e para os dois lados. Neste momento, não sei qual é a equipe do Paços que vai jogar, de que forma o Paços vai abordar o jogo. O que eu disse à equipa foi para nos prepararmos para qualquer cenário, independentemente dos onze do Paços”. Ambos não vêm em bom momento na competição. O Marítimo não triunfa na Liga há mais de um mês, com três derrotas seguidas, enquanto que os castores têm uma seca mais longa, desde o final de outubro, com sete jogos seguidos sem vitória. Veja histórico de confrontos.

Braga x Benfica – 18h30

O duelo mais aguardado da rodada acontece no final do sábado entre Braga e Benfica no Municipal de Braga. A briga é pela 3ª posição. O Benfica atualmente detém a 3ª colocação com 40 pontos e o Sporting Braga é o 4º com 37. Caso vença o time da casa pode roubar a posição dos atuais campeões pelo número de vitórias que atualmente é igual (12). Treinador do Benfica anteviu duelo difícil no Minho e elogiou o jovem treinador Abel Ferreira do time rival: “Só à quinta ou sexta pergunta vem uma pergunta sobre algo positivo que um treinador disse sobre o outro. Reafirmo o que o Abel disse. Acho que é um treinador de qualidade, ambicioso e que está a trabalhar numa belíssima equipe. Espero do Braga uma resposta muito boa de uma equipe ambiciosa e que está a querer aproximar-se a olhos vistos dos chamados três grandes”.

Sem deixar o cortejo cair no esquecimento, Abel tratou de retribuir os elogios: “Diria que (o jogo com o Benfica) é um desafio, uma oportunidade de continuarmos a lutar pelos nossos objetivos. Sabemos da valiosidade do nosso adversário, campeão em título, recheado de grandes jogadores. Tem um treinador que, já o disse, é um exemplo e uma referência. Alguém que não dá desculpas, que olha para dentro e valoriza os jogadores que tem. Que potenciou e valorizou jogadores como Ederson, Lindelof e o lateral que foi para o Barcelona, o Nélson Semedo. Merece, da minha parte, todo o respeito e cautela”, acrescentou. O duelo também terá dois brasileiros como homens de gol de seus times. Enquanto Dyego Sousa com 6 gols é o melhor marcador do Braga, Jonas, com 20, é o artilheiro da competição. Veja histórico de confrontos.

Divulgação

14/01 – Domingo

Boavista x Portimonense – 14h

Mais um duelo para colocar o equilíbrio na ponta da ficha do jogo. O Boavista é o 9º colocado com 21 pontos, 3 a mais que o 12º Portimonense. Os visitantes venceram os últimos três jogos entre eles, inclusive o primeiro duelo da temporada 2017/18 por 2 x 1 em casa. Agora jogando e abaixo na tabela, os visitantes tentam manter o bom retrospecto. Veja histórico de confrontos.

Tondela x Feirense – 14h

O horário das 14 horas são dos jogos equilibrados, digamos assim. Tondela Feirense são mais um par de equipes que estão parelhas na competição e se enfrentam no returno. O primeiro duelo entre eles no ano passado na abertura da Liga NOS foi um empate com 1 gol para cada. Porém a última vitória do time da casa sobre o rival foi em 2014. De lá para cá são 3 derrotas e 2 empates. Veja histórico de confrontos.

Belenenses x Rio Ave – 16h

O time da casa está abaixo da metade da tabela, ocupando a 11ª posição, com 19 pontos, enquanto o Rio Ave faz ótima campanha com sua 6ª posição com números iguais ao do 5º Marítimo. Jogando em casa, o Belenenses tem como proposta mandar o jogo e a estratégia dá certo, pelo menos em 2017 sim, pois o mandante sempre venceu seus jogos e esse é o espelho que querem os belenenses em 2018. Já o Rio Ave quer quebrar essa última estatística e vencer fora. Veja histórico de confrontos.

Sporting x Desp. Aves – 18h15

Ainda na busca pela ponta, agora 2 pontos atrás do líder Porto, O Sporting Lisboa recebe, em Alvalade, o Desportivo das Aves fechando a rodada de jogos do domingo. Há um curto histórico de confrontos entre eles, do qual as Aves jamais venceram os Leões em qualquer oportunidade, sendo 7 derrotas e um heroico empate sem gols em 2007. No primeiro jogo desta temporada os vice-líderes venceram fora por 0 x 2. As Aves figuram na 14ª posição.

O mais interessante do duelo e incômodo aos visitantes é que não poderão contar com seu treinador à beira do campo. A direção do Desportivo das Aves decidiu cancelar a conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Sporting, marcada para as 19 horas desta sexta-feira, depois de tomar conhecimento do castigo aplicado ao treinador Lito Vidigal, que foi punido com oito dias de suspensão depois de ter sido expulso no jogo com o Rio Ave em duelo pelas quartas de final da Taça de Portugal. Veja histórico de confrontos.

Foto: Fernando Veludo | Sapo PT

15/01 – Segunda-feira

Moreirense x V. Setúbal – 17h

Moreirense Vitória de Setúbal duelam na parte de baixo da tabela. Enquanto o time da casa é o primeiro fora da zona de risco e detém os mesmos 14 pontos do primeiro dentro da degola, o Paços de Ferreira e que o adversário que está acima, o Desportivo das Aves. Já os visitantes estão na penúltima posição com 12 pontos empatados com o lanterna Estoril. Vantagem ao time da casa pelo fator campo. Veja histórico de confrontos.

Estoril Praia x Porto – 19h

Fechando a 1ª rodada do segundo turno chegamos ao líder Porto que visita o lanterna Estoril. Não é preciso citar a situação oposta dos times nesta altura do campeonato. Mas para quem pensa que o Estoril vem para se defender está enganado. O atacante Bruno Gomes, do Estoril, mostrou-se esperançoso em marcar e ajudar a vencer o Porto, e considera que a pressão é maior para os portistas: “O jogo vale muito para o Porto, porque está a lutar pelo título. Para nós também, porque estamos a lutar para sair do último lugar. Mas é um jogo de maior tensão para o Porto. Eles têm mais a perder. Nós estamos em último, mas vamos entrar com tudo para tentar sair com a vitória. Tenho-me dedicado e trabalhado para poder entrar e fazer o meu melhor. O futebol é rápido, é dinâmico e as coisas podem mudar. Uma vitória contra o Porto, um empate, já é uma acumulação de pontos e isso pode trazer um ânimo extra para o grupo. É uma equipa forte, tem dois centrais que são fortes, que podem dar muito trabalho, mas temos que pensar em fazer a nossa parte.

Bruno Gomes ainda ressaltou a importância do novo treinador para a saída do grupo dessa posição: “[A sua chegada] já deu frutos. Estávamos numa sequência de derrotas e com a chegada do Ivo já tivemos empates, uma vitória, falta só um bocadinho mais de concentração e dedicação. Temos muitos desfalques no grupo, mas o trabalho do Ivo tem vindo a ser bem feito”.

Já do lado dos Dragões é só festa. Tanto que é preciso recuar à década de 80 para encontrar dois jogadores que, em jogos da Liga, tenham conseguido mais gols nas primeiras 17 rodadas, algo mostrado pela dupla de frente Aboubakar-Marega, com 14 gols cada. Melhor dupla não teve, haja vista que em 1999/00, como apurou o site Mais Futebol PT, Jardel e Capucho anotavam os mesmo 28, porém, o brasileiro sozinho já havia marcado 25. Para quem se pergunta quem está a frente são, em 1984/85, Fernando Gomes (23) e Jaime Magalhães (8), totalizando 31 gols. Veja histórico de confrontos.

FC PORTO

CLASSIFICAÇÃO

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados