Neste sábado, seis equipes deram o pontapé na 21º rodada do Campeonato italiano. O Sassuolo goleou o Cagliari por 3 x 0, jogando em casa. A Sampdoria também saiu vitoriosa, a equipe aplicou ma goleada por 4 x 0 diante da Udinese, o destaque do jogo, foram os dois gols marcados pelo veterano Fabio Quagliarella, que com o feito, assumiu a artilharia da competição. O dia teve apenas um empate, e foi justamente no tradicional confronto entre Milan e Napoli, que não saíram do 0 x 0.

CAMPEONATO ITALIANO – 21ª RODADA

SASSUOLO 3 x 0 CAGLIARI

Jogando no Città del Tricolore, Eu Neroverdi conseguiu um bom resultado diante do Cagliari. Logo aos nove minutos, a equipe da casa abriu o placar, Berardi arrisca de fora da área, o goleiro espalma e a bola sobra livre para Locatelli só empurrar para o gol. No final da primeira etapa, Khouma Babacar aumentou o placar para os  mandantes, de pênalti, após a penalidade ser marcado pelo VAR, aos 48′, o árbitro assinala fim de primeiro tempo.

Na etapa complementar de jogo, o Sassuolo continuava dominando as ações, e pouco os visitantes conseguiram levar perigo ao gol de Andrea Consigli. A pressão deu resultado no final da partida, aos 42′, Matri recebe pelo passe de Joseph Duncan, o camisa 10 empurra para as redes e fecha o placar, com vitória por 3 x 0.

Agora, a equipe verde e preta sobe para a 10ª posição, com 29 pontos, e seu próximo desafio é diante da Genoa,  dia 3, no Luigi Ferraris, ao 12h. Já o Cagliari, permanece na 13ª posição com 21 pontos. Agora a equipe terá pela frente  a Atalanta, em casa, dia 4, às 17h30.

SAMPDORIA 4 x 0 UDINESE

Na segunda partida do dia, a La Samp, recebeu no Luigi Ferraris, a equipe da Udinese e a Sampdoria não tomou conhecimento e aplicou uma goleada. Apesar do placar elástico, o primeiro golo da partida foi marcado apenas aos 33′, com o veterano Quagliarella, converteu um pênalti, batendo rasteiro, no canto esquerdo do goleiro. Após isso, a equipe pressionou mais algumas vezes, mas sem mexer mais no placar, e o primeiro tempo termina com a vitória parcial de 1 x 0 para os mandantes.

Na etapa complementar de jogo, aos 11 minutos, o veterano bate falta da entrada da área, o goleiro espalma e na sobra, Nicola Murru pega de primeira, mas a bola bate na mão de Nicholas Opoku, outro pênalti marcado. O camisa 27 vai para a cobrança novamente e dessa vez enche o pé no meio do gol, ampliando e marcando seu segundo gol na partida. Com isso, torna-se o artilheiro do Italiano com 16 gols marcados.

Aos 27, Ricardo Saponnara encontra Linetty livre, o camisa 16 infiltra-se pela esquerda e bate na saída de Juan Musso, marcando o terceiro gol da equipe da casa. Dez minutos depois, o camisa cinco encontra Quagliarella livre pela esquerda, que de primeira cruza rasteiro, a bola cruza a área inteira e Gabbiadini marca de pé direito, fechando a goleada de 4 x 0.

Agora a Sampdoria sobe para a 6º posição com 33 pontos, e terá pela frente na 22ª rodada a Napoli, dia 2, no San Paoli, às 15h. Com a goleada a Udinese se mantém na 15ª posição, com 18 pontos marcados, e agora jogará em casa, dia 3, contra a Fiorentina, ao 12h. Ambos jogos estão com o horário de Brasília.

MILAN 0 x 0 NAPOLI

No confronto entre o 2º colocado e o 4º, esperava-se uma partida muito mais pegada e com muitos gols tendo em vista grandeza que o confronto apresenta, só que não foi muito assim que aconteceu quando iniciou-se o jogo. Diferente dos gols, o que se viu foram diversos gols perdidos dos dois lados, as duas equipes conseguiam chegar para finalizar, porém os dois goleiros trabalharam muito bem e evitaram que o placar fosse alterado. Sendo assim, o confronto termina em empate sem gols no San Siro.

Com o resultado os dois times permanecem em suas respectivas posições e a única mais ameaçada a perder a posição, é o Milan, que soma 40 pontos na 4ª colocação, a Roma é a única equipe que pode ultrapassa-la neste domingo. Os Rossoneri  tem pela frente agora o clássico e confronto direto diante da Roma, dia 3, no Olímpico, às 17h30. Já a Napoli enfrenta a Sampdoria, em casa, dia 3, às 15h.

Avatar
Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados