Pela última rodada da Liga NOS, três confrontos acontecem neste sábado

- Equipes buscam pelo menos subir uma posição na 34ª rodada. Já o Feirense vai a campo para terminar o campeonato com dignidade.
Pela última rodada da Liga NOS, três confrontos acontecem neste sábado

O Campeonato Português chega a sua ultima rodada. Passaram-se 33 partidas com confrontos repletos de emoções. E para combinar, neste sábado (18), a última jornada está cheia de duelos decisivos e simultâneos às 11h30 (horário de Brasília): Vitória de Setúbal enfrenta Rio Ave, no Estádio do Bonfim. Marítimo recebe o Boavista, no Marítimo e, fechando a manhã de jogos, a bola rola para o então rebaixado Feirense e Aves, no Marcolino de Castro.

LIGA NOS – 34ª RODADA

Vitória de Setúbal e Rio Ave

Depois da polêmica derrota em casa diante do Boavista por 3 x 0, marcada por três expulsões em sete minutos, a equipe sadina foi a Chaves e venceu por 2 x 1 assegurando, desta forma, a vaga no primeiro escalão. Assim, depois das tumultuosas imagens que marcaram o jogo com os axadrezados, a equipe a poderá agora fazer a festa no último jogo em seu estádio. Uma partida que vai contar com um brinde especial: o técnico Sandro Mendes anunciou que Nuno Pinto vai ser titular. Ocupando o 13º lugar, pode ainda alcançar o Marítimo e terminar em 12º.

“Sofremos muito tempo para atingir um objetivo e muitas vezes, inconscientemente, os jogadores podem tirar um bocadinho o pé ou esvaziaram um bocadinho o balão. Esperemos que isso não aconteça para fazermos um bom jogo e acabarmos da melhor maneira esta época”, disse o técnico.

O Vila do Conde também vai ao Bonfim com a expectativa de subir apenas um lugar. Depois da mediática derrota diante do Benfica por 3 x 2 na última partida, a equipe comandada por Daniel Ramos perdeu a última pontinha de esperança de chegar a um lugar europeu e também entra em campo com poucas ambições. O Rio Ave está no 8º lugar, com os mesmos 42 pontos do que o Santa Clara, mas pode pegar o 7º, já que Santa Clara defrontam o Benfica na Luz.

“Queremos terminar bem, fazendo um jogo que nos permita regressar às vitórias, e com uma boa exibição. Temos o objetivo de consolidar a nossa classificação na tabela e é isso que vamos procurar, mostrando a valia da equipa e que estamos num grande momento de forma”, disse Daniel Ramos.

Marítimo x Boavista

Se muitos clubes gostam de usar o fator casa a seu favor, a equipe do Petit soube muito bem a importância e este pensamento foi preponderante para garantir a permanência na Liga. As cinco vitórias consecutivas nos últimos jogos nessa condição são a prova disso, com os últimos três sem qualquer gol sofrido. Pontuar nesta última jornada permite alcançar a meta dos 40 pontos e um triunfo vale mesmo a ultrapassagem final ao Boavista na classificação.

O Boavista não fica atrás na relação quesito temporada positiva e vitórias. A equipe está num dos melhores períodos da época, com três vitórias consecutivas na Liga, ante Moreirense (3 x 1), em Setúbal (3 x 0) e na resseção ao Sp. Braga (4 x 2). Caso Rio Ave e Santa Clara não vençam e a equipe axadrezada triunfe na Madeira, tal dá-lhe o 7º lugar no final do campeonato. Na última jornada, em Setúbal, colocou fim a um longo período sem vencer como visitante, algo que só tinha acontecido, até então, na primeira jornada, em Portimão.

“Se conseguirmos ganhar, é possível chegar a essa posição, mas o nosso objetivo, até pelas dificuldades que fomos encontrando, era a manutenção e esse já foi conseguido”, destacou o técnico Lito Vidigal.

Feirense e Aves

O time da casa já está rebaixado e vai disputar à II Liga no próximo ano, mas nada muda a vontade de terminar a temporada com dignidade. Ficou perto isso nas últimas duas jornadas, com dois épicos empates por 4 x 4, ante Desp. Chaves e Santa Clara, que consumaram algo que não acontecia desde janeiro: duas jornadas seguidas a pontuar. A vitória foge há 31 jornadas seguidas e, ao quarto jogo na Liga com o Desp. Aves há também intenção histórica de tentar o primeiro êxito.

“Temos de dar tudo em campo para voltar a sentir esse sabor da vitória. Será sempre amargo, mas, pelo menos, demonstra que somos capazes. É óbvio que temos de melhorar o nosso desempenho defensivo. É muito difícil ganhar jogos quando se sofre quatro gols. [Sobre o Desp. Aves:] Mesmo que apresente algumas alterações, com jogadores sub-23, nunca deixará de ser uma equipa competitiva”, disse o técnico.

Diferente do mandante, o Aves tem a permanência na liga principal garantida. A equipe de Augusto Inácio chega ao jogo da última rodada após duas derrotas consecutivas, algo que nunca tinha acontecido com o atual treinador. No entanto, a condição de visitante acabou por ser fator decisivo na permanência. Nas oito deslocações com Inácio, quatro vitórias, três empates e uma só derrota, na casa do vice-líder FC Porto.

“Milagres só uma vez na vida e isto que aconteceu foi um pequeno milagre, porque Deus esteve conosco e ajudou-nos a que não tivéssemos lesões ou castigos, permitindo manter aquela equipa base sempre a jogar. Cumprimos o objetivo em 15 jornadas, fizemos 24 pontos e, com os [12] que já tínhamos, permitiu-nos estar desafogados. Estamos contentes e felizes”, disse Augusto Inácio.

https://twitter.com/cdfeirensesad/status/1128027978334638081

Giovanna Louise Silva

Sobre Giovanna Louise Silva

Giovanna Louise Silva já escreveu 60 posts nesse site..

Giovanna Louise Silva, natural de Boa Esperança-MG, atualmente, mora em Varginha-MG, tem 22 anos. Está no 8° período de jornalismo do Grupo Unis. Sempre foi apaixonada por futebol e com o sonho de se especializar na área do jornalismo esportivo e se tornar uma grande repórter de campo. Leva sempre Deus em suas escolhas e sempre ressalta “Nem mesmo o céu é o limite!!!".

BetWarrior


Poliesportiva


Giovanna Louise Silva
Giovanna Louise Silva
Giovanna Louise Silva, natural de Boa Esperança-MG, atualmente, mora em Varginha-MG, tem 22 anos. Está no 8° período de jornalismo do Grupo Unis. Sempre foi apaixonada por futebol e com o sonho de se especializar na área do jornalismo esportivo e se tornar uma grande repórter de campo. Leva sempre Deus em suas escolhas e sempre ressalta “Nem mesmo o céu é o limite!!!".

    Artigos Relacionados

    Topo