Pedro Caixinha ex-técnico do Cruz Azul foi anunciado como novo treinador do Al Shabab da Arábia Saudita. Caixinha deixou a equipe celeste em setembro de 2019 e desde então não treinou nenhum outro time. Segundo diário TUDN, o português fechou contrato por duas temporadas com time árabe. Em redes sociais  o nome do técnico foi anunciado.

“O Al Shabab Club assinou oficialmente com técnico português Pedro Caixinha, para liderar o primeiro time por duas temporadas,” comunicou o clube nas redes sociais.

PEDRO CAIXINHA E SUA TRAJETÓRIA

O treinador começou sua carreira aos 28 anos. Em Portugal ficou oito anos e treinou clubes como: Deportivo Beja, Vasco da Gama e Sporting (assistente). Além disso, também foi assistente no Al Hilal da Arábia Saudita, Rapid Bucurest da Romênia e Panathinaikos da Grécia. Já no México, Caixinha conquistou seus primeiros títulos a frente de uma equipe. Pelo Santos Laguna foi campeão da Liga MX, Copa MX e Campeão dos Campeões. Por outro lado, no Cruz Azul ganhou uma Copa MX e uma Supercopa MX. Dessa maneira se define a trajetória de Pedro Caixinha até aqui.

AL SHABAB E SUAS GLÓRIAS

Fundado em 1947, foi o primeiro clube saudita que conquistou o campeonato local três vezes consecutivas em 1991, 1992 e 1993. A Saber, o clube possui diversos troféus nacionais e internacionais: Recopa Asiática de 2001, Liga dos Campeões da Árabe 1992/1999, Supercopa Árabe 1996/2001 e Copa do Golfo 1993/1994. Além de mais de 10 títulos nacionais: Campeão Saudita 1991, 1992, 1993, 2004, 2006  e  2012; Copa dos Campeões Saudita 2008 e 2009. Sendo assim, Pedro Caixinha terá a missão de restaurar a glória do clube. Atualmente, a equipe está na oitava posição da tabela do campeonato  Árabe e sua próxima partida acontecerá no dia 10 de agosto contra o Al Taawon.

Foto destaque: Divulgação/Pinterest

Avatar
Renan Braz
Meu nome é Renan Braz, tenho 34 anos, nasci no Rio de janeiro, Baixada Fluminense. Tomei a decisão de escrever conteúdo para internet em 2018 e não tinha como ter ido para outro ramo que não fosse o Futebol.

Artigos Relacionados